55 anos de “Something Else By The Kinks”: O disco mais aclamado do The Kinks na década de 60.

Apesar de ser uma força enorme no Reino Unido, o Kinks nunca conseguiu atingir um status icônico na América do Sul. E hoje é um dia especial para falarmos um pouco sobre eles e ajudar a divulgar ainda mais essa grande banda já que comemora-se os 55 anos de “Something Else By The Kinks”!

Em 1966 a banda havia lançado o bom “Face To Face”, uma evolução em termos de disco até então mas que ainda tinha espaço para evoluir e fazer um disco mais coeso. Depois disso, em 1967, a cena musical explodiu no Reino Unido, e todas bandas deram passos muito importantes em suas discografias.

E com o Kinks não foi diferente, diante de tanta inspiração a sua volta, a banda trabalhou para que seu quinto disco fosse algo diferente, numa musicalidade mais excêntrica, com mais teclados envolvidos e letras mais introspectivas.

Sobre os destaques do disco, logo de cara temos “David Watts”, um dos maiores clássicos da carreira da banda, uma música maravilhosa e que influenciou muita gente. “Lazy Old Sun também é muito interessante assim como “Waterloo Sunset” que representa muito bem o disco.

Num geral, esse é o disco mais bem amarrado dos Kinks nos anos 60 e foi um trabalho crucial para o desenvolvimento do som característico que conhecemos. Lá fora ele é um disco aclamado e merece demais essa comoção, e tomara que no Brasil as pessoas possam ter a oportunidade de conhecer um pouco mais umas das melhores bandas de todos os tempos!

Autor: Neto Rocha

24 anos, e grande entusiasta de uma das coisas mais poderosas inventadas pelo homem, a música.