”Rough Mix”: Um subestimado trabalho de Pete Townshend e Ronnie Lane.

Confesso que meu quadro favorito aqui no Entre Acordes é essa parte de recomendação de discos menos aclamados ou conhecidos pelo grande público. O presente de hoje é um disco simplesmente fabuloso, ”Rough Mix” um fruto de uma parceria entre Pete Towshend e Ronnie Lane!

Ronnie Lane foi um grande baixista e compositor do Faces, autor de lindíssimas composições na década de 70, fica até como recomendação o trabalho da banda para quem não conhece. Ronnie contratou Pete Townshend (guitarrista do The Who), para auxiliar na produção de seu próximo disco, o resultado dos encontros dos dois acabou por se tornar uma colaboração completa da dupla em um disco todo.

O disco acabou sendo lançado em 1977 e adivinha? O resultado não poderia ter sido diferente, um disco incrível, muito bem produzido, muito bem tocado e executado, o grande ”Rough Mix”. Esse trabalho aborda uma gama diversificada de estilos musicais, desde o Rock, ao Pop e até Country, eu curto essa linha pouco previsível que eles adotaram. O clima do disco é muito agradável num geral, ele alterna entre baladas, um rock clássico e algo puxado para uma grandiosidade sutil se é que isso é possível, essa são algumas das sensações que eu tenho ao abordar esse belo trabalho.

Das faixas do disco, minhas favoritas são, a faixa de abertura ”My Baby Gives It Away”, uma música com alguma influência de The Who, que me agrada muito, excelente produção por sinal. A faixa título também é maravilhosa, uma instrumental que representa bem o clima do disco. Já minha predileta é ”Keep Me Turning”, uma verdadeira obra prima da dupla, um refrão épico, eu acho um crime essa música não ser um grande clássico do rock.

De considerações finais, ”Rough Mix” é um disco belíssimo, inesquecível e muito subestimado e na minha opinião é muito melhor do que ambos estava fazendo em suas carreiras no passado recente. É uma audição obrigatória, espero que a galera ressuscite esse lindo trabalho! Fica a recomendação!

Autor: Neto Rocha

24 anos, e grande entusiasta de uma das coisas mais poderosas inventadas pelo homem, a música.

4 pensamentos

  1. … Tem as identidades dos dois bem delineadas, nas grandes canções, e o r&b, pop, blues etc brotam. “Till the rivers all run dry” é linda balada.

    Curtido por 1 pessoa

  2. Amo esse disco… Apesar de ser um fã incondicional do Pete Townshend, as baladas do Ronnie Lane nesse disco são fantásticas… “Nowhere to Run”, “Annie” e “April Fool” eu ouço no repeat.. mas to contigo no fato de “Keep Me Turning” ser a melhor do disco, deveria mesmo ser um clássico!!

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s