50 anos de ”Madman Across The Water”: A grande obra prima de Elton John.

Tem discos que realmente são muito difíceis de fazer uma review aqui no Entre Acordes, principalmente quando se tratam de trabalhos que carregam um valor sentimental muito grande para mim, o ”Madman Across The Water’ do Elton John é um trabalho desse tipo, vamos conversar um pouco sobre ele, aproveitando o exatos 50 anos de seu lançamento!

Até então Elton havia lançado poucos discos, o irregular ”Empty Sky” de 1969, o belo ”Elton John” de 1970 e o ”Tumbleweed Connection” também de 70, seguindo a ordem crescente eu acredito que cada disco se tornou o melhor dele até aqui. Em 1971 (mais conhecido como melhor ano da história da música), ele continuou evoluindo muito musicalmente, absorvendo a vibe da época e abusando cada vez mais das drogas.

O resultado desse ápice criativo foram 9 faixas simplesmente antológicas e perfeitas, o disco seria chamado ”Madman Across The Water”, ele traria diversos hits de sua carreira, a pegada épica das orquestrações e coros seriam a cereja do bolo que casariam perfeitamente com a voz angelical de Elton John.

Vamos ver o que esse disco tem de tão especial. Bom, ele já abre com ”Tiny Dancer”, uma das melhores e maiores composições já feitas na história da música pop, uma música que parece que veio do céu, uma verdadeira benção! Que música, amigos, daquelas para se ouvir antes de morrer, uma abertura para acabar com tudo! Outro destaque irretocável é ”Levon”, um momento muito emocionante e que já embalou muitas viagens minhas, grande música! Eu também amo ”Holiday Inn”, um momento bem vibrante e épico, é uma faixa que representa bem o disco!

”Madman Across The Water” é um disco que pode mudar uma vida, mudou a minha inclusive. É um trabalho íntimo, grandioso, sentimental e fechado. Ele traz uma misto de euforia, melancolia e esperança. Eu acredito que seja um dos maiores discos de todos os tempos, um disco básico de qualquer discografia, se você não é muito ligado em Elton John, eu tenho certeza absoluta que esse é o disco certo para isso! Fica a nossa homenagem e recomendação!

Autor: Neto Rocha

24 anos, e grande entusiasta de uma das coisas mais poderosas inventadas pelo homem, a música.

3 pensamentos

  1. Pelo que eu sei, a grande obra-prima de Elton John até hoje (nas palavras de fãs e críticos) é o disco Captain Fantastic & the Brown Dirt Cowboy (de 1975), homenageado aqui no blog em 2020. Para mim o melhor trabalho dele é o álbum Goodbye Yellow Brick Road (de 1973), que eu gosto muito. E quanto ao Madman Across the Water (de 1971), disco resenhado nesse texto, não o coloco entre os melhores do cara, talvez pelo fato de não ter repercutido muito na época, de acordo com o próprio Elton, que o gravou meio por pressão de sua gravadora. Mas não posso desprezar um disco que contém uma das mais belas e conhecidas canções da carreira do astro pop britânico: a abertura com “Tiny Dancer”. Apenas isso.

    Curtido por 1 pessoa

      1. Pois é, patrão… Irei em todo caso dar uma conferida mais atenta em MAtW. Tá combinado assim?

        Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s