40 anos de ”Tattoo You”: A afirmação dos Rolling Stones nos anos 80.

É difícil para uma banda passar por transições de década e se manter relevante, diversos movimentos, gêneros e tendências musicais surgem e muita das vezes fica complicado se enquadrar dentro da sonoridade. Com os Rolling Stones não foi diferente, mas em 1981, mais precisamente há 40 anos atrás, a banda provou que não precisava se enquadrar nos anos 80 para fazer um disco maravilhoso, estou falando do ”Tattoo You”.

Os Rolling Stones terminaram muito bem a década de 70, o disco ”Some Girls” é um dos melhores da sua carreira na minha opinião. No ano seguinte, a década virou, os anos 80, a década que eu amo é mais datada da história da música e aquele pop característico e o som que Rock começaria a fazer não teria muita semelhança com a sonoridade clássica dos Rolling Stones, e em 1980 eles lançaram o disco ”Emotional Rescue” que respira os anos 80 mas não é um disco muito bom com exceção de de 2 ou 3 músicas. No ano seguinte, em 1981 a banda tomou uma decisão de coragem e começou a trabalhar num disco que voltaria à essência sonora, o grande ”Tattoo You”.

Com uma produção mais crua e poucos elementos ”oitentistas”, os Stones fizeram um trabalho maravilhoso, com verdadeiros clássicos que se firmariam nos setlists da banda até os dias de hoje. Vale lembrar que diversas músicas desse disco são composições que estavam arquivadas da década de 70, então dificilmente o disco daria errado.

Falando um pouco sobre as faixas, elas se dividem em cada um dos lados do LP, um lado é mais Rock N’ Roll e o outro já se consiste em mais baladas, ambos maravilhosos. O disco abre com um dos maiores clássicos da banda ‘‘Start Me Up”, aquele tipo de música feita para grandes shows de arena, um riff de guitarra simples e perfeito de Keith Richards, uma faixa muito contagiante e emblemática. ”Hang Fire” é outro grande momento do disco, uma música que tem a cara dos Stones, dançante, enérgica e foda, como curiosidade ela é das sessões do Some Girls! ”Slave” é uma faixa sacana, até certo ponto climática e com um trabalho de guitarra cool de Keith. ”Little T&A” é outra música maravilhosa do disco, talvez até a melhor, um vocal do nosso querido Richards no melhor estilo despojado. ”Worried About You” é uma música bem diferente e muito boa, e prova mais uma vez que Mick Jagger é um grande vocalista, uma perfomance com falsete muito bom. Eu também amo a última faixa do disco ”Waiting On A Friend”, uma música única, uma balada superestimada deles, sem dúvida.

Muita gente diz que o ”Tattoo You” é o último grande disco dos Rolling Stones e talvez eu concorde com isso, de fato eles não acertaram discos realmente fantásticos desde então na minha opinião. Esse foi um disco realmente relevante dentro da sua discografia e foi importante para reafirmar a banda no cenário da época! Fica a nossa homenagem!



Autor: Neto Rocha

23 anos, e grande entusiasta de uma das coisas mais poderosas inventadas pelo homem, a música.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s