45 anos de ”Ramones”: A estreia da banda mais popular do punk.

Um dos subgêneros mais sinceros que existem, o punk foi um movimento muito importante para o Rock e rompeu com muitos ideais musicais e sociais na época. A discussão sobre quem foi o grande pioneiro do gênero, surgem diversas teorias, mas a verdade é que os Ramones talvez sejam um responsáveis pela popularização do punk e é o maior nome do gênero. Para entender um pouco melhor tudo isso, nada melhor do que a gente conversar e comemorar hoje, os 45 anos do lançamento do homônimo disco de estreia dos Ramones!

Como eu mencionei no início, a discussão sobre a origem do punk é muito rica, apesar dos Ramones terem registrado o seu disco de estreia 1 ano antes do Sex Pistols, muita gente acha os Pistols mais completos para o gênero, outros voltam para 1973 com o lançamento do Raw Power dos Stooges e por ai vai.

Falando mais sobre os Ramones, a banda era formada originalmente por Jeffrey Hyman (Johnny Ramone), nos vocais, John Cummings (Johnny Ramones), na guitarra, Thomas Erdelyi (Tommy Ramone), na bateria e Douglas Colvin (Dee Dee Ramone), no baixo. Para quem não sabe da curiosidade sobre os apelidos dos membros, Paul McCartney utilizava o pseudônimo de Paul Ramone nos hotéis onde frequentava para manter a discrição, a banda decidiu adotar o sobrenome entre os membros.

A proposta da sonoridade da banda era ir contra as superproduções que eram muito presentes na época, como o Rock Progressivo ou o pop em geral que apostavam em muita sofisticação e músicas longas e bem elaboradas, eles resgataram a criação de canções simples. O resultado foi um disco enxuto, sujo e excepcional com apenas 29 minutos de duração. Apesar do pioneirismo, a banda revelava clara influencia do MC5 e Stooges.

Apesar da forte agressividade nas atitudes e visual, a música dos Ramones não era tão ofensiva em termos de letras, eles falavam sobre violência, abuso de drogas e tudo mais, porém muitas cercavam os temas de amor e é engraçado que em alguns momentos parece que a gente vê uma versão dos Beatles repaginado, com a distorção no máximo. Isso é demais.

Depois de fazerem dezenas de apresentações na lendária casa de shows CBGB em Nova Iorque, a banda conseguiu uma oportunidade de contrato para a gravação de seu disco de estreia, foi então que em 4 dias, o disco de estreia dos Ramones estava pronto para ser lançado!

Antes de comentarmos a respeito das músicas do disco, vale fazer um grande destaque à capa do disco, vamos combinar, é uma das capas mais cools da história do Rock, virou até estampa de camiseta que o pessoal usa sem ao menos saber do que se trata. Mas convenhamos que a foto é demais, os 4 integrantes encostados na parede, sem qualquer expressão e bem espontâneos, sem dúvida uma das maiores capas de todos os tempos.

Falando um pouco sobre as músicas, já temos uma porrada na abertura ”Blitzkrieg Pop”, um riff icônico, uma linha de baixo pegajosa e uma massa sonora avassaladora. Sem dúvida o maior clássico da banda e um dos maiores clássicos da história do Rock. Uma composição muito agradável e original! ”Beat on the Brat” é outra grande composição muito animada e direto ao assunto. ”I Wanna Be Your Boyfriend” é uma das minhas preferidas, apesar de toda a sujeira, a música é uma grande homenagem ao estilo dos Beatles numa versão mais pesada, é muito bacana. ”I Don’t Go Down To The Basement” é outra que eu amo, uma grande composição de rock n roll franco. ”Loudmouth” é a mais complexa do disco e prova que os Ramones eram de fato, bons músicos.

A estreia dos Ramones é um verdadeiro documento para a história do Rock, eles foram uma banda que acabou com os excessos nas produções musicais e provaram que muitas vezes ”menos é mais”. Apesar de terem recebido críticas positivas, eles não obtiveram um grande sucesso comercial logo de cara. É daqueles verdadeiros acontecimentos atemporais e até os dias de hoje seguem influenciando muita gente, fica a nossa homenagem nos 45 anos do lançamento dessa obra prima!

Autor: Neto Rocha

24 anos, e grande entusiasta de uma das coisas mais poderosas inventadas pelo homem, a música.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s