”Money Jungle”: Uma parceria lendária entre Duke Ellington, Charles Mingus e Max Roach.

Quando eu fiquei sabendo da existência de uma parceria entre Duke Ellington, Charles Mingus e Max Roach que são três dos maiores nomes da história do Jazz, fiquei muito entusiasmado e curioso para ouvir o resultado desse trabalho e para minha alegria foi maravilhoso! A recomendação de hoje é um fruto dessa parceria chamada ”Money Jungle”!

Esse disco foi lançado em 1963 e quase 100% das composições desse trabalho foram de autoria de Duke Ellington. E o mais interessante é imaginar como poderia ter dado tão certa essa parceria entre três músicos tão distantes, Duke tem um estilo mais refinado, ao ponto que Charles e Max conflitam isso com uma free style mais despojado e caótico. A diferença de idade também seria uma potencial causadora de conflito, Duke tinha 63 anos, enquanto Mingus 40 e Roach 38.

Mas curiosamente esse experimento deu liga e o disco foi muito bem recebido pela crítica da época e ao passar dos anos foi cada vez mais tendo seu status de disco lendário sendo elevado nas listagens. Na minha opinião merecidamente, já que é um disco excelente por si só e ainda trouxe algumas revoluções de composição e choques de estilo.

Musicalmente falando, o disco acabou ficando no meio termo entre o experimentalismo e algo mais contido. Parece que apesar das diferenças e conflitos, as lendas conseguiram ceder pouco a pouco e o tivemos o resultado ideal dentro dessa parceria, músicas como ”Money Jungle” e ”Caravan” mostram exatamente isso.

Eu não diria que o disco ”Money Jungle” é um trabalho fácil. Mas certamente não diria que é um disco maluco sem pé nem cabeça, muito pelo contrário, ele pode atingir um público muito interessante mas eu diria que os ouvintes que se acostumaram com Max e Mingus vão se sentir mais em casa! Não custa tentar! Fica a recomendação!

Autor: Neto Rocha

24 anos, e grande entusiasta de uma das coisas mais poderosas inventadas pelo homem, a música.

14 pensamentos

  1. Histórico do cristaculos kellis

    Humilhar prapria mãe bater na cara.
    Desse não foi o suficiente.
    Conta pra tudo.
    😭

    Curtir

  2. Histórico do cristaculos kellis.

    Humilhar prapria mãe bater na cara
    Desse não foi mãe o suficiente.
    Conta pra tudo.😭

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s