45 anos de ”Songs From The Wood”: Jethro Tull acertando no ano de 1977.

A conceitual e progressiva banda Jethro Tull tinha muita criatividade e autenticidade naquele som que eles se propunham a a fazer. Ian Anderson era um grande performer nos tempos áureos da banda, até quem não é fã logo reconhece sua icônica flauta. Hoje completa-se 45 anos de um disco muito interessante da banda, ”Songs From The Wood”!

A banda vinha do lançamento ”Too Old To Rock N’ Roll: Too Young To Die” de 1976, um disco bem mediano na minha opinião. Depois de um desempenho comercial discreto, a banda entrou num dos anos mais prósperos da história da música (de 1977) e apostou numa nova sonoridade, algo voltado mais pro Rock tradicional e um pouco menos experimental, um grande acerto na minha visão.

O disco se chamaria ”Songs From The Wood”, teria uma bela recepção por parte da crítica e frequentemente é citado como o favorito de uma parcela significativa dos fãs da banda, acredito que um fator que contribuiu bastante para essa retomada da banda foram a aposta em guitarras elétricas que estão muito presente no disco.

De considerações finais, ”Songs From The Wood” está longe de ser dos meus preferidos da banda, apesar de ter uma grande capa. É um disco linear, com uma produção cristalina na medida certa, boas músicas e prende bastante a atenção do ouvinte! Talvez seja uma boa porta de entrada para conhecer um pouco sobre a banda! Fica a homenagem nos 45 anos de seu lançamento!

Autor: Neto Rocha

24 anos, e grande entusiasta de uma das coisas mais poderosas inventadas pelo homem, a música.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s