45 anos de ”Jailbreak”: Uma obra perfeita do Thin Lizzy.

Das bandas subvalorizadas do Rock, eu considero que o Thin Lizzy esteja entre as 5 mais esquecidas nesse sentido de importância. Phil Lynott e companhia são heróis irlandeses e cravaram seus nomes na história do Rock mundial. E para relembrar suas carreiras, nada melhor do que no dia de hoje a gente comemorar os exatos 45 anos de ”Jailbreak”, um dos pilares do Rock!

O Thin Lizzy sempre é citado na imprensa como uma banda extremamente importante dentro do Rock mundial, o próprio disco ”Jailbreak” aparece frequentemente em listagens de maiores discos da história da música, mas eu acredito que o público em geral esqueceu parcialmente o legado que essa banda deixou, principalmente o público brasileiro. Então, vamos aproveitar para ampliar a divulgação da banda num momento oportuno como esse, já que um clássico desse tamanho está completando um aniversário tão importante como esse.

A banda vinha do lançamento do grande disco ”Fighting” lançado no mesmo ano de 1975. Eles aproveitaram o embalo da criatividade em estúdio e fizeram alguns ajustes na produção de suas novas composições e partiram na direção de gravar um verdadeiro clássico.

O mais bacana de ver a sonoridade que eles atingiram nesse disco, são além de um Hard Rock extremamente bem tocado mantendo o bom gosto e não exagerando no virtuosismo e velocidade, é a harmonia disso tudo com uma veia Funky que Phil Lynott traz com uma sutileza genial. Ao passo que ao mesmo tempo a agressividade da banda pontua muito bem cada uma das faixas.

O disco abre logo com ”Jailbreak”, a faixa título nos mostra logo de cara que a banda atingiu um novo nível, o Riff de guitarra emblemático contagia qualquer um, o som dos instrumentos como um todo preenchem nossos ouvidos com excelência. Se tornou o maior clássico da banda e um dos maiores clássicos do Rock, destaque também para os barulhos das sirenes no meio da música. ”Running Back” é uma balada especial, uma canção de amor muito bacana e que tem tudo a ver com a sensibilidade de Lynott. ”Romeo And The Lonely Girl” é sem dúvida a minha faixa favorita do disco, um rock rápido e consistente, o grande destaque vão para os solos de guitarras na música desempenhados pela interação das guitarras de Scott Gorham e Brian Robertson, o trabalho de bateria de Brian Downey também é fantástico. ”The Boys Are Back In Town” é outro sucesso imensurável, é do mesmo nível da faixa título e com certeza resume bem o que a banda é. Um momento fantástico, mais uma vez uma aula de guitarra. ”Cowboy Song” também é uma faixa maravilhosa, ela ensaia ser uma balada mas entra uma porradaria de Rock N Roll que traz uma vibe inesquecível! Que disco amigos!

”Jailbreak” é um dos discos mais perfeitos da história do Rock, ele exala bom gosto e lirismo do início ao fim. Foi o disco mais importante da carreira da banda e absolutamente merece ser exaltado no status de entidade do gênero. Além de ser um dos discos precursores no trabalho das guitarras duplas e harmonizadas que acabaram influenciando diversas bandas do heavy metal. É um prazer poder falar de um disco como esse aqui no Entre Acordes, fica a nossa homenagem e super recomendação!

Autor: Neto Rocha

23 anos, e grande entusiasta de uma das coisas mais poderosas inventadas pelo homem, a música.

6 pensamentos

  1. A execução está no ponto, pesada. A banda nunca exercitou tão bem suas pretensões autorais. As guitarras estão fazendo a diferença. Brian Downey tem uma atuação muito legal, preenchendo muito bem cada espaço. Aqui o Phil Lynott muda de patamar e se torna um mestre das pequenas estórias que são as canções. The Boys é o hino roqueiro, eterno e feliz, por si só. Como é bom estar em uma banda.

    Curtir

      1. Obrigado! Thin Lizzy é demais, e é muito bom ser bem recebido, falando sobre as canções e os artistas que admiramos!

        Curtir

  2. Discão do subestimado grupo irlandês Thin Lizzy, um dos maiores grupos dos anos 70. Só por conter a faixa-título, “Cowboy Song” e principalmente “The Boys are Back in Town” (uma das músicas mais fodas do rock que eu conheço) já vale a conferida. Grande homenagem do blog ao Jailbreak!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s