”Stones In The Park”: Um clássico show dos Rolling Stones.

Os Rolling Stones possum um acervo fantástico de shows gravados, hoje temos disponível no mercado diversos dvds de excelente qualidade com perfomances históricas. Hoje vou recomendar para vocês um desses registros da banda, talvez a primeira grande apresentação gravada da banda, o ”Stones In The Park”!

Stones In The Park

Na verdade o The Stones in the Park foi um festival realizado no tradicional Hyde Park em Londres no dia 5 de Julho de 1969. O show inicialmente seria uma celebração à entrada do guitarrista Mick Taylor na banda, porém um triste acontecimento ocorreu 2 dias antes dessa apresentação, o co-fundador da banda, Brian Jones havia falecido precocemente em decorrência de problemas com drogas. Os demais artistas que se apresentaram neste festival foram: ”Third Ear Band”, ”Screw, King Crimson”, ”Alexis Korner New Church”, ”Roy Harper”, ”Battered Ornaments”, e ”Family”

A reuniu forças, ensaiou e preparou um um belo setlist com algumas faixas que nunca haviam sido apresentadas ao vivo anteriormente. “Midnight Rambler”, “(I Can’t Get No) Satisfaction”, “I’m Free”, ”Eulogy ”, “I’m Yours & I’m Hers”, “Jumpin’ Jack Flash”, “Honky Tonk Women”, “Love in Vain”, “Sympathy for the Devil”, “Mercy Mercy”, “Stray Cat Blues”, “No Expectations”, “Down Home Girl” e “Loving Cup”.

”Stones In The Park” foi um show histórico, muito pelas circunstâncias em que ele foi concebido, um momento conturbado de muitas mudanças na banda tanto entre os integrantes, quanto pelo rumo de sua sonoridade em direção à aquela pegada dos Rolling Stones que solidificou a carreira da banda nos anos 70. Então é muito legal poder ver essa apresentação em excelente qualidade com tudo isso em mente e analisar esse processo de evolução da banda que não está na sua mais excelente forma, mas está muito enérgica e eletrizante. Fica a recomendação este belo DVD!

Stones Hyde Park 69 DVD

 

Autor: Neto Rocha

23 anos. Grande entusiasta de uma das coisas mais poderosas inventadas pelo homem, a música.

Deixe um comentário