50 anos de ”Curtis”: A sólida estreia solo de Curtis Mayfield.

A Soul Music possui alguns guardiões que construíram o gênero no início dos anos 70, Curtis Mayfield foi um dos mais importantes desses nomes dessa época e desenvolveu uma sonoridade psicodélica muito autoral. Hoje um dos mais emblemáticos discos de 1970 está completando 50 anos, estou falando da estreia solo de Curtis, o autointitulado disco dessa lenda.

Após se envolver em alguns projetos no decorrer dos anos 60 e ser um ativista assíduo à favor dos direitos dos negros, Curtis pegou experiência e decidiu iniciar uma carreira solo para reforçar ainda mais sua ideologia e sua sonoridade extremamente autoral.

Curtis 1970

O disco abre com ”(Don’t Worry) If There’s a Hell Below”, podemos defini-la como uma faixa até psicodélica, Curtis utiliza muito os pedais de Fuzz em seus discos e isso traz muito essa pegada psicodélica muito inspirada no Sly & The Family Stone, ela é uma das mais longas do disco com quase 8 minutos de duração e revela Curtis como uma das maiores vozes da história do Soul com muita personalidade. ”The Makings of You”, é uma balada emocionante e lírica que diferencia Curtis Mayfield da maioria dos nomes do Soul. ”Moven On Up”, talvez seja o maior clássico da carreira de Mayfield, uma música grandiosa em todos os sentidos e frenética, daquelas que é impossível se manter parado, um clássico.

”Curtis” é um disco fantástico, talvez não seja o melhor da carreira desse gênio, mas já revela um Curtis maduro, pronto musicalmente e já mostra a fórmula de Curtis que ele usou e abusou durante sua carreira daquelas músicas rítmicas alternadas com as melancólicas. O lançamento foi um sucesso, alcançando o número 1 da Billboard e o single ”Moven On Up” se manteve por 10 semanas no top 50 dos singles. Acredito que a maioria de vocês devem estar familiarizados com a obra de Curtis Mayfield, mas para aqueles que não o conhecem, esta é uma excelente oportunidade.

Curtis Album

 

 

Autor: Neto Rocha

22 anos, atleta de futebol e grande entusiasta de uma das coisas mais poderosas inventadas pelo homem, a música.

2 pensamentos

  1. ….Também era bom guitarrista. Foi admirado por figuras diversas do rock, Eric Clapton, Bruce Springsteen. E deu, ao mundo, Superfly.

Deixe um comentário