60 anos de “Muddy Waters Sings Big Bill Broonzy” – A estreia dessa lenda do Blues.

A música no ano de 1960 começava a tomar um corpo bem diferente dos anos anteriores, o gênero proeminente na época era o Jazz, mas felizmente o Blues, gênero que mais mexe comigo se construía com um pouco mais de ”refinamento”. Um dos responsáveis por essa construção do gênero era Muddy Waters que lançava seu disco de estreia há exatos 60 anos atrás, o “Muddy Waters Sings Big Bill Broonzy”.

Muddy 1960

Lançado pela Chess Records, o disco de covers trazia Muddy fazendo interpretações do bluesman Big Bill Broonzy.

Com apenas 28 minutos, este belo trabalho de Muddy não mostra algo muito ambicioso como ele faria em ”Electric Mud” 10 anos depois, aqui ele entrega as interpretações com uma sensibilidade única tanto nos vocais quanto nos trabalhos de guitarra.

O disco soa de maneira muito atemporal em termos de sonoridade, cada um dos instrumentos são muito bem gravados e não nos remetem de maneira alguma á 1960, podemos dizer que este foi um dos primeiros discos de blues extremamente bem gravados. Um dos maiores destaques do disco é a gaita de Little Walter que ”rasga” todas as composições de uma maneira bastante visceral para a época.

De considerações finais, “Muddy Waters Sings Big Bill Broonzy” é um trabalho sólido e digno da atenção dos fãs do gênero, é um disco importante para o ano e carrega todo o peso do Blues. Certamente influenciou muito o rock que viria com força alguns anos depois e merece toda a reverência, fica aqui a homenagem!

Muddy Waters Album Cover

 

Anúncios

Autor: Neto Rocha

22 anos, atleta de futebol e grande entusiasta de uma das coisas mais poderosas inventadas pelo homem, a música.

Deixe um comentário