”Thrillington” – A jóia escondida de Paul Mccartney.

Os fãs de Beatles geralmente são garimpeiros natos, eles cavocam profundamente as carreiras dos integrantes tanto antes quanto pós o fim da banda. De fato, participações de Paul, John, George e Ringo em projetos paralelos são praticamente infinitos. Mas existe um disco da época de ouro da carreira do Paul Mccartney que pouca gente ouviu falar, estou falando de ”Thrillington”, a recomendação de hoje aqui no Entre Acordes.

Percy Paul Mccartney

O disco é nada mais que uma versão instrumental/orquestrada do álbum RAM lançado por Paul e Linda Mccartney em 1971. A princípio seu lançamento seria subsequente ao RAM, mas por conta de Paul e Linda formarem os Wings, o disco acabou sendo arquivado e foi lançado apenas em 1977.

Como brincadeira e marketing, Paul Mccartney lançou o disco sob o pseudônimo de Percy ”Thrills” Thrillington, uma socialite fictícia que acabou gerando interesse por parte do público pela divulgação na época. O nome de Paul aparece apenas em algumas notas do disco, como amigo da socialite. Ele levou isso em segredo até o ano de 1989, quando numa entrevista ele o revelou.

Assim como o RAM, ”Thrillington” é extremamente emocionante até o final. Todas as versões das músicas estão perfeitas, como o RAM é um disco mais orgânico e cru, a gente consegue notar a diferença em ”Thrillington”, as orquestrações deixam muito grandioso cada uma das faixas, um exemplo bom é ouvir a versão da música ”Ram On” em cada um dos discos, a gente consegue ver o quanto Paul é um cara genial e versátil.

O que nos resta é ouvir essa jóia que Paul Mccartney fez questão de esconder por tantos anos, acredito que pouca gente deve ter conhecimento deste grande álbum que entra na lista de melhores coisas que o Paul produziu. Fica a recomendação!

Thrillington Album Cover.jpg

 

Autor: Neto Rocha

22 anos, atleta de futebol e grande entusiasta de uma das coisas mais poderosas inventadas pelo homem, a música.

Deixe um comentário