50 anos de ”Here Comes Shuggie Otis” – A subestimada estreia de Shuggie Otis.

A chance de você conhecer Shuggie Otis é pequena, ele se enquadra naquela lista que vira e mexe a gente cita por aqui de artistas que ficaram esquecidos ou subestimados pelo grande público. Nos deparamos no dia de hoje com uma oportunidade de falar um pouco sobre ele já que há 50 anos, era lançado o disco ”Here Comes Shuggie Otis”.

Shuggie Otis Photo

Shuggie nasceu em Los Angeles, no ano de 1953. Filho de músico, ele de fato mostra que tem a música em seu DNA, em seus discos podemos ouvir trabalhos de guitarra que não devem nada á nomes relevantes do Rock, ele ainda canta e toca muitos outros instrumentos.

No ano de 1969, ele participa de um grande disco ”Kooper Session” com Al Kooper, isso aos 15 anos. Ele já demonstrava um timbre diferenciado e neste disco podemos ver um músico pronto já com condições de alçar vôos maiores e foi oque ele fez no ano seguinte em 1970 com o lançamento do seu primeiro disco solo ”Here Comes Shuggie Otis” que é a grande recomendação de hoje!

Shuggie contou com vários músicos convidados na composição de seu disco de estreia, isso foi muito importante para seu nome ter uma certa credibilidade, chamando assim a atenção mais rapidamente. Esta primeira exposição lhe rendeu elogios de B.B. King e participação de trabalhos de Frank Zappa, Etta James e outros.

Falando um pouco mais do disco, ele abre com ”Oxford Gray”, de início ouvimos um riff denso e ao longo da música temos solos maravilhosos que dão um excelente cartão de visitas. A faixa é uma verdadeira switch, com passagens instrumentais diversas e momentos distintos, tudo isso apenas de modo instrumental. Temos uma outra aula de guitarra em ”Bootie Cooler”, assim como nas sessões de Blues puro ”Shuggie’s Boogie” ”Gospel Groove”. Vejo muita influência do disco ”Axis: Bold As Love” do Jimi Hendrix na obra de Shuggie.

Acredito que um dos motivos com que fez Shuggie Otis não se tornasse um nome relevante para o grande público foi uma má divulgação por parte das pessoas que o cercavam e pela imprensa. Outro fator é a enorme concorrência que estava em evidência naquele período de 1969 até 1971. A boa notícia é que em 2001, ”Here Comes Shuggie Otis” foi relançado e seu nome finalmente foi redescoberto alcançando um número maior de fãs.

De considerações finais, acredito que ”Heres Comes Shuggie Otis” é uma estreia muito boa e foi um passo certo rumo ao próximo disco ”Freedom Flight”. O álbum transborda o talento de Shuggie Otis e infelizmente é um disco esquecido, mas fica nossa homenagem e recomendação nos 50 anos do lançamento!

Shuggie Otis 1970.jpg

Autor: Neto Rocha

22 anos, atleta de futebol e grande entusiasta de uma das coisas mais poderosas inventadas pelo homem, a música.

Deixe um comentário