50 anos de ”The Isaac Hayes Movement”: Isaac Hayes se confirma como um grande intérprete.

Isaac Hayes é uma das grandes figuras da Soul Musiic, ele tem uma personalidade muito única, tanto no seu jeito de cantar, de compor e de se vestir. Ele provocou uma verdadeira revolução no gênero em 1969, com o lançamento do seu disco de estreia, ”Hot Buttered Soul”. No ano seguinte ele lançaria seu segundo disco, intitulado como ”The Isaac Hayes Movement’, que está completando 50 anos!

Isaac Hayes 1970.jpg

Desta vez, o novo trabalho de Isaac seria um disco de covers, mas com grandes (nos dois sentidos da palavra) e diferentes interpretações. A assinatura de Isaac Hayes é algo impressionante, muitos são contra essas músicas extensas e dizem que ele não entrega muita coisa com essa ”enrolação” toda, mas sou contra isso. Eu consigo entender e entrar na onda que ele quer passar em suas músicas.

Comercialmente foi um sucesso e foi mais um passo em busca da confirmação da carreira solo desse grande artista que é Isaac Hayes. Claramente, o disco é mais bem trabalhado com arranjos mais complexos.

O disco abre com ”I Stand Accused”, composição de Jerry Butler uma faixa extremamente melancólica e bastante extensa como de constume, ao longo dos seus mais de 11 minutos, Isaac apenas recita a letra da música em sua primeira metade e cria um ambiente muito intimista em todo o decorrer da faixa, já na segunda metade, Isaac começa a cantar e também podemos ouvir algumas back in vocals acompanhando, tudo muito bem cadenciado e sensível.

A seguir, ”One Big Unhappy Family” a faixa mais curta do disco com pouco mais de 5 minutos, tem uma pegada épica e é um exemplo de como a Soul Music pode ser algo mágico e grandioso.

”I Just Don’t No What To Do With Myself”, outra boa interpretação de Isaac Hayes, nada memorável, mas manteve o disco no mesmo nível sem dúvida nenhuma.

O encerramento com ”Something”, é simplesmente espetacular, extremamente sentimental e com um feeling absurdo, é das melhores interpretações dessa grande música dos Beatles. Puro sentimento ao longo de quase 12 minutos.

”The Isaac Hayes Movement” é um disco fantástico, tem uma estrutura muito parecida com seu disco de estreia ”Hot Buttered Soul”, eu considero um dos melhores trabalhos de Isaac Hayes, apesar de alguns momentos mais alto astral, eu considero o disco mais melancólico da carreira de Isaac Hayes, um verdadeiro disco subestimado, de grande valor artístico que merece mais a atenção do grande público, vamos aproveitar seu aniversário de 50 anos para dar a devida atenção!

The Isaac Hayes Movement Album Cover.jpg

Anúncios

Autor: Neto Rocha

22 anos, atleta de futebol e grande entusiasta de uma das coisas mais poderosas inventadas pelo homem, a música.

Deixe um comentário