”Johnny B. Good”: O primeiro grande hit do Rock n’ Roll.

O primeiro grande riff da história do rock? A escolhida desta semana para compor o nosso quadro ”As 100 melhores canções de todos os tempos” é nada mais nada menos que ”Johnny B. Good”, de um dos pais do rock, o grande Chuck Berry.

Chuck Berry 1959.jpg

Composta em 1955, a lendária música supostamente seria um registro autobiográfico de Chuck. A letra, basicamente conta a história de um garoto chamado Johnny, que morava no sul de Louisiana que levava uma vida bastante simples e que possuia uma grande habilidade para tocar guitarra. Na última parte da música, ainda havia uma “premonição” a mãe desse garoto dizia que um dia ele faria muito sucesso.

Musicalmente ela é perfeita, já de início nos deparamos com o primeiro grande riff da história do rock, que apesar de magnífico, é o exato riff de “Ain’t That Just Like a Woman” (1946), de Louis Jordan. Então, não foi nada original, mas como fez sucesso nas mãos de Chuck Berry, ele tem o crédito. Isso não diminui a beleza de “Johnny B. Good”. Esse riff era o alicerce de grande parte das composições de Chuck Berry, porém ele se popularizou mesmo através de Johnny B. Good.

Todo esse modo frenético que Chuck canta juntamente com a energia que a banda toca, torna a música dançante e alto astral. Dificilmente alguém vai considerá-la uma música chata ou sem vida.

Foram precisos 2 minutos e 42 segundos para Chuck Berry sedimentar ”Johnny B. Good” como talvez o primeiro grande hit da história do rock. Por tudo que a cerca, ela facilmente merece um posto entre as 100 melhores canções de todos os tempos.

33/100

Chuck Berry Johnny B. Good

 

Autor: Neto Rocha

22 anos, atleta de futebol e grande entusiasta de uma das coisas mais poderosas inventadas pelo homem, a música.

Deixe um comentário