45 anos de ”Dreamer”: Bobby ‘Blue’ Bland saindo de sua zona de conforto.

Uma fantástica mistura entre o Blues e a música Gospel. Essa seria uma das possíveis maneiras de definir a sonoridade de Bobby ‘Blue’ Bland. Mas ainda assim nota-se várias camadas de influências e estilos dentro de seus trabalhos.

Bobby Blue Photo

No ano de 1974, há 45 anos, Bobby lança o provável melhor disco de sua carreira, ”Dreamer”. Com uma voz marcante no estilo clássico da Soul Music, Bland usou e abusou de temas sobre amor e compôs um disco sentimental, musicalmente ele desvia um pouco das linhas óbvias do Blues e do Soul, é bastante original.

”Dreamer”, rendeu o maior clássico da carreira de Bobby ‘Blue’, ”Ain’t No Love In The Heart Of The City”, logo a abertura do disco, muito provávelmente você já a ouviu. Além dela, temos a faixa título e ”Yolanda”, que também merecem o destaque. Assim como as músicas, a capa também é muito bacana, se consiste numa foto clássica de Bobby segurando seu cigarro, super cool.

Na minha visão, temos aqui o trabalho mais maduro de Bobby ‘Blue’ Bland, um disco super coeso com apenas 34 minutos de duração. Em suas 10 excelentes faixas, contamos com orquestrações que casam perfeitamente com a proposta dele. Como eu disse no início, se trata de um trabalho bastante original e que infelizmente é pouco comentado. Mas é por isso que estamos aqui! Fica o registro nos 45 anos de ”Dreamer”.

Bobby Blue Dreamer Cover

Autor: Neto Rocha

23 anos. Grande entusiasta de uma das coisas mais poderosas inventadas pelo homem, a música.

Deixe um comentário