45 anos de ”They Say I’m Different”: A excentricidade de Betty Davis”.

Este ano, o disco ”They Say I’m Different”, completa 45 anos de seu lançamento.

Apesar de ser pouco citada pelo grande público, Betty Davis é um nome relevante dentro da cena de Soul/Funk dos anos 70. Sua voz imponente e marcante, marcou sua carreira assim como suas perfomances ‘chocantes” por assim dizer.

bettttty

Nascida na Carolina do Norte, Betty já na infância era apaixonada pela música, e mais especificamente pelo Blues. Porém, onde ela se encontraria anos depois seria naquela avalanche da Soul Music e do Funk do início da década de 1970. Neste mesmo período Davis conheceu e conviveu com Jimi Hendrix e Sly Stone, oque deve ter despertado sua vocação para os respectivos gêneros.

No ano de 1973 ela lança seu primeiro disco ”Betty Davis”, o autointitulado já nos mostra toda sua personalidade e qualidade musical. E no ano seguinte, Betty lança o disco ”They Say Im Different”, um trabalho um pouco mais bem acabado e definitivo, para mim o melhor de sua carreira.

O disco é muito bem produzido, ele reflete a época, evidencia todo o estilo ”feroz” de Betty que nos impacta logo de cara. É difícil ouvir esse disco e ficar indiferente, ela tem esse poder, ela te faz prestar atenção no que está sendo dito. É muito interessante e excêntrico.

betty davis

Como curiosidade fica o fato de Betty Davis ter sido esposa de Miles Davis. Apesar de terem tido um casamento conturbado e com muitas brigas, Miles reconheceu o valor de Betty em sua obra, já que ele foi apresentado a Jimi Hendrix e Sly Stone, cujo influenciaram totalmente alguns trabalhos, como podemos notar em ”On The Corner” de 1972.

De considerações finais, ”They Say Im’ Different”, é um disco imponente, seminal e fantástico. Eu honestamente recomendo que conheçam não só o disco, mas também procurem mais sobre a vida e obra de Betty Davis, uma figura diferente e que possui grande valor artístico. Fica a recomendação, nos 45 anos de seu lançamento.

Autor: Neto Rocha

22 anos, atleta de futebol e grande entusiasta de uma das coisas mais poderosas inventadas pelo homem, a música.

Deixe um comentário