Bruce Springsteen – ”Western Stars”.

Influenciado pela música pop dos anos 70 sulista da Califórnia, Bruce Springsteen nos apresenta seu 19º disco de sua carreira, recheado de referências americanas e música country.

bruce west

Intitulado como ”Western Stars”, Bruce nos faz lembrar em alguns momentos o ”Nebraska” de 1982, porém desta vez ele vem com orquestrações, uma grandiosidade bem maior, mas ao mesmo tempo ele não soa pretencioso, muito pelo contrário, parece ser um trabalho muito pessoal do Boss.

O álbum é composto por 13 faixas muito sensíveis e agradáveis, ele parece ter uma crescente, o lado A é um pouco mais contido e menos vibrante, já no lado B, temos um pouco mais de vibração, mas ainda sim com momentos bastante calmos como em ”Somewhere North of Nashville”.

Confesso que quando soube da ausência da E Street Band, fiquei um pouco receoso e de fato me agrada mais a vibração que a E Street Band passa. Isto posto, afirmo que mesmo com essas mudanças, o disco ”Western Stars” cumpre seu papel e extrai aquela, sensibilidade do Bruce que já conhecemos, o álbum só melhora conforme as audições.

bruce cover

Destaques:

”Western Stars”: A faixa título, uma faixa um pouco mais contida, Bruce na sua versão ”voz e violão”, com um acompanhamento orquestrado no fundo. Bela música.

”Sundown”: Uma das baladas mais bonitas do disco, muito agradável acho que representa bem o sentimento do disco.

”Hello Sunshine”: Um dos singles do disco, faixa bem cadenciada, com fortes influência da música country. Localizada ali no finalzinho do Lado B, iniciando um encerramento á altura de tudo que nos foi apresentado até então.

Bom, ”Western Stars”, é um lançamento significativo de 2019, foi um dos discos que mais me agradou desde o lançamento de ”The Rising” de 2002. Acredito que daqui uns anos esse será lembrando com um disco sensível e importante, assim como o ”Nebraska”. Com o mesmo tamanho acho difícil, mas possivelmente com a mesma qualidade.

 

Autor: Neto Rocha

23 anos. Grande entusiasta de uma das coisas mais poderosas inventadas pelo homem, a música.

Deixe um comentário