Sound City Studios. (Documentário)

A indicação de hoje fica para um interessantíssimo documentário sobre a história de um grande estúdio.

Sound City, estúdio inaugurado nos anos 70 em Van Nuys – Los Angeles, Califórnia foi o local escolhido para a gravação de vários clássicos da história da música como:

⁃ After the Gold Rush – Neil Young (1970)

⁃ Fleetwood Mac – Fleetwood Mac (1975)

⁃ Damn the Torpedoes – Tom Petty and the Heartbreakers (1979)

⁃ Nevermind – Nirvana (1991)

⁃ Rage Against the Machine – Rage Against The Machine (1992)

Dois dos fatores que atraiam os artistas para aquele estúdio era o som de bateria incrível que poderia ser extraído de uma sala meio que improvisada e o outro fator era a mesa Neve 8028 feita especialmente para o local que contava com muitas opções que não se encontrava em outros estúdios. Essa mesa acabou nas mãos de Dave Grohl que a levou para seu estúdio após a falência do Sound City em 2011.

O documentário inicia contando todo o início, a construção do estúdio, quais artistas gravaram lá, e traz depoimentos dos próprios contando o porque da escolha daquele estúdio que era extremamente sujo, com uma localização ruim, e contava com uma má administração.

A direção de Dave Ghrol deixa tudo muito dinâmico com entrevistas e imagens de bastidores da época.

Mais para a segunda parte do documentário, ele começa a ser focado num projeto de Dave Grohl.

Ele teve a ideia de reunir varios artistas que gravaram no estúdio junto a outros que não utilizaram o estúdio como Paul Mccartney e gravam um disco juntos. Isso tudo resulta num registro interessante. O disco foi lançado em 2013 com o título de “Sound City – Real To Reel” e conta com 11 faixas.

Bom, “Soundcity” é um documentário muito honesto, bem intimista e na minha opinião é muito interessante para quem gosta de saber um pouco mais sobre essa dinâmica dentro de um estúdio, ainda mais de um estranho, sujo, porem único estúdio, chamado Soundcity.

Trailer do documentário.

Anúncios

Autor: Neto Rocha

22 anos, atleta de futebol e grande entusiasta de uma das coisas mais poderosas inventadas pelo homem, a música.

Deixe um comentário