65 anos da histórica estreia de Elvis Presley!

O grande marco (popular) da história do Rock sem dúvida alguma é a estreia de Elvis Presley. A discussão é interminável se ele é de fato o rei do rock ou o inventor do gênero e tudo mais, mas o que mais importa é que a sua importância é imensurável e hoje se completa incríveis 65 anos da sua estreia discográfica, o grande autointitulado ”Elvis Presley”!

Elvis lançou alguns singles e compactos no início dos anos 50, nessa época ele chamou a atenção do coronel Tom Parker, seu empresário que deu um norte à sua carreira como um todo. Na década de 50, a cultura de discos completos, ainda engatinhava, eram poucos artistas que se preocupavam com uma construção dessa forma e Elvis deu um passo importante em direção à esse conceito.

Ele reuniu esses singles e lançamentos soltos que havia feito e reuniu tudo para fazer um disco de estreia curto porém direto ao assunto em alto nível, 12 faixas em 28 minutos, demais não é mesmo?

Antes de falar das músicas, acho interessante ressaltar a capa desse disco, que de fato tem uma importância enorme, afinal, para uma época onde imagens de vídeo eram raras e o que as pessoas tinham mais contato eram fotos, a capa era algo a se considerar ter algum cuidado, e a partir do lançamento desse disco, os conceitos de capa atingiram níveis inimagináveis, a foto foi tirada num show em Tampa. Vale lembrar que o The Clash se inspirou nessa capa e fez uma homenagem muito bacana no disco ”London Calling” de 1979.

Sobre as músicas do disco, ele ja abre com ”Blue Suede Shoes”, que apesar de ser um dos maiores clássicos da carreira do Elvis, é uma composição do Carl Perkins, e parece que de fato ela foi feita para ser cantada por Presley, grande abertura. ”I’m Counting on You” mostra a versatilidade da voz dele e sua sensibilidade com as baladas. Outros dois covers fizeram história no disco, ”I Got a Woman” e ”Tutti Frutti”. O disco simplesmente não erra.

Esse icônico disco foi o primeiro de rock a chegar ao topo das paradas, foi um divisor de águas dentro da música no geral, tanto pela musicalidade, quanto pela postura de Elvis e a capa do disco. Eu poderia ficar aqui por horas falando do tamanho e importância que esse trabalho tem para a história do mundo, mas aproveite para reouvir esse monumento e celebrar a carreira desse grande sujeito!

Autor: Neto Rocha

23 anos, e grande entusiasta de uma das coisas mais poderosas inventadas pelo homem, a música.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s