50 anos do ”Isle Of Wight Festival”: O maior festival da década de 70.

Eu sei que os festivais de Woodstock e o Monterey Pop Festival são muito emblemáticos e extremamente importantes para o desenvolvimento desse formato, porém os festivais não se resumiram a eles. No ano de 1970 outro festival do mesmo quilate em termos de line up surgiu e entrou para a história. E hoje, se completa 50 anos do início desse festival, o grande ”Isle Of Wight Festival”!

Organizado pelos irmãos Ron e Ray Foulk, ele aconteceu entre os dias de 26 a 31 de Agosto de 1970, em Afton Down, o lado Oeste da Ilha de Wight. Ele contou com aproximadamente 700 mil pessoas na platéia, número que bate de frente com Woodstock. O Line Up dessa edição foi bastante ambicioso, contou com nomes de muito peso e vamos dar uma passada dia a dia para ver os monstros que tocaram nesse festival histórico.

O festival contou com muitos problemas de logística, o sistema de transporte da ilha já estava sobrecarregado, até porque reunir mais de 600 mil pessoas numa ilha não seria uma tarefa fácil, ainda mais em 1970. O sistema de som também passou por problemas por conta do vento na ilha. Esses problemas fizeram com que o festival se tornasse gratuito, algo muito parecido com o que aconteceu com o Woodstock.

Vamos começar essa viajem direto para 1970!

Quarta-feira 26: 

O primeiro dia foi mais calmo, em sua maior parte Folk, sem nenhum grande destaque.

  • Judas Jump
  • Kathy Smith
  • Rosalie Sorrels
  • David Bromberg
  • Kris Kristofferson
  • Mighty Baby

Isle Of Wight Festival


Quinta-feira 27:

O segundo dia foi mais R&B e Pop. O Supertramp havia estreado um mês antes do festival e os brasileiros Gilberto Gil e Caetano Veloso marcaram presença.

  • Gary Farr
  • Supertramp
  • Ray Owen
  • Howl
  • Black Widow
  • The Gorundhogs
  • Terry Reid
  • Gilberto Gil e Caetano Veloso
  • Gracious !
Supertramp Isle Of Wight
Supertramp se apresentando no Isle Of Wight Festival

Sexta-feira 28:

Um dia bem mais enérgico que nos dias anteriores. Destaque para o Taste que se apresentou com muito rock n roll e eu recomendo o dvd da apresentação deles que é fantástica. Chicago, Procol Harum e Cactus também foram bons destaques.

  • Fairfield Parlour
  • Arrival
  • Lighthouse
  • Taste
  • Tony Joe White
  • Cozy Powell
  • Chicago
  • Family
  • Procol Harum
  • The Voices of East Harlem
  • Cactus
Taste Isle Of Wight
Taste se apresentando no Isle Of Wight Festival

Sábado 29:

Talvez o dia mais eclético do festival com Joni Mitchell trazendo mais sutileza. Miles Davis fazendo uma apresentação diferente. The Doors fez uma apresentação bastante contida talvez pelo fato de estar respondendo processos pela aquela apresentação polêmica pouco tempo antes e estar numa queda emocional completa. O show do The Who talvez seja o melhor daquela edição, eles acabaram com tudo (no bom sentido).

  • John Sebastian
  • Shawn Phillips
  • Lighthouse (Segunda apresentação)
  • Joni Mitchell
  • Tiny Tim
  • Miles Davis
  • Ten Years After
  • Emerson, Lake & Palmer
  • The Doors
  • The Who
  • Sly and The Family Stone
  • Melanie

Este slideshow necessita de JavaScript.


Domingo 30:

Free fez um show excelente, Jimi Hendrix mais uma vez entregou uma apresentação histórica. Jethro Tull fez um show muito bom assim como Leonard Cohen e Richie Havens.

  • Good News
  • Kris Kristofferson (Segunda apresentação)
  • Ralph McTell
  • Heaven
  • Free
  • Donovan
  • Pentangle
  • The Moody Blues
  • Jethro Tull
  • Jimi Hendrix
  • Joan Baez
  • Leonard Cohen
  • Richie Havens

Este slideshow necessita de JavaScript.

O ”Isle Of Wight Festival” de 1970 foi um festival histórico. Ele não tem o mesmo prestígio dos festivais de Woodstock e Monterey Pop Festival porém possui o mesmo nível e em alguns momentos até supera. Corram atrás dos dvds dessa apresentação pois vale muito a pena a gente dar mais atenção á esse grande evento!

Isle Of Wight Poster

Autor: Neto Rocha

22 anos, atleta de futebol e grande entusiasta de uma das coisas mais poderosas inventadas pelo homem, a música.

2 pensamentos

  1. Retrato de uma festa musical muito eclética e variada.
    Mais do que em Woodstock, em Wight estão os registros, os blueprints do que seria a Música dos anos seguintes.

Deixe um comentário