40 anos de ”Emotional Rescue”: Os Rolling Stones entrando de cabeça na Disco Music.

A disco music tomou um espaço significativo na indústria musical entre 1977 e 1982, grande parte dos artistas entraram nessa onda das discotecas com uma seriedade e visceralidade menor, mas ao mesmo tempo muito dançantes e alto astral. Um desses artistas que entraram de cabeça no movimento foram os Rolling Stones que lançaram há exatos 40 anos ”Emotional Rescue”.

The Rolling Stones 1980.jpg

Na verdade essa onda que passou pelos Rolling Stones chegou um pouquinho antes, com o lançamento de ”Some Girls” um dos melhores discos da banda, lá a banda já entrou muito bem no movimento ”Disco” e devido ao grande sucesso eles entraram em estúdio com o mesmo pensamento em mente para a gravação de ”Emotional Rescue”, estreando uma década nova com algo novo. Mais uma vez eles acertaram outro sucesso, o disco liderou as paradas em diversos países consolidando a era da disco music no mundo.

Como curiosidade fica que muitas músicas desta sessão de gravação entrariam no disco do ano seguinte o grande ”Tatto You”, como ”Little T&A” e ”Hang Fire”.

A coisa mais fraca que cerca o disco é capa, eu realmente não consigo entender oque se passou para deixarem isto ser lançado, é horrível. Ela mostra algumas fotos termográficas tiradas por uma câmera térmica, eu não peguei o contexto por trás disso, só sei que esse foi um dos motivos que fizeram com que eu demorasse para ouvir o disco.

Das faixas do disco temos que destacar a de abertura ”Dance (pt 1)” já um excelente cartão de visitas do que está por vir, faixa totalmente ”Disco” e vibrante.  Já ”Emotional Rescue” é tranquilamente a melhor do disco, o grande destaque da faixa é a perfomance vocal de Mick Jagger, totalmente diferente em sua maior parte com o uso de um falsete que só ele sabe fazer. ”She’s So Cold” também é uma das mais animadas, no melhor estilo rock/disco que a gente pode encontrar, é o balanço ideal que a banda soube fazer com excelência.

De considerações finais, ”Emotional Rescue” é um disco diferente do som clássico dos Stones que vem na nossa cabeça quando pensamos na banda. Esta longe do rock n roll setentista e por isso afasta muitos fãs que sequer dão uma chance ao disco, coisa que eu considero um erro, pois apesar do disco não ser uma obra prima, ele ilustra bem aquele momento musical da época e contém grandes músicas que fizeram muito sucesso. Fica a recomendação!

Emotional Rescue Album Cover.jpg

 

Anúncios

Autor: Neto Rocha

22 anos, atleta de futebol e grande entusiasta de uma das coisas mais poderosas inventadas pelo homem, a música.

Deixe um comentário