”King & Queen”: Um incrível dueto entre Otis Redding e Carla Thomas.

Dificilmente duetos dentro do Soul dão errado. A gente já ouviu duetos clássicos de Donny Hathaway e Roberta Flack, Marvin Gaye e Tami Terrell, Diana Ross e por ai vai. Quando duas vozes geniais se juntam com esse propósito, a coisa fica séria. Hoje vou recomendar mais um dueto de altíssimo nível. ”King & Queen”, entre Otis Redding e Carla Thomas.

Lançado em março de 1967, o disco foi o último lançamento de Otis Redding antes de sua morte (dezembro do mesmo ano). A ideia do dueto partiu do produtor Jim Stewart, ele acreditava que a visceralidade de Otis misturado à sofisticação de Carla Thomas resultaria num trabalho bom e que isso poderia ajudar a alavancar a carreira de ambos.

Foi então que um time de músicos fantásticos reuniram-se junto à dupla, a grande banda de apoio, Booker T. & the M.G.’s, fizeram toda a parte da cozinha e o pianista Isaac Hayes deu a sua sensível contribuição para que esse disco ganhasse ainda mais esse prestigio que recebe nos dias de hoje.

O disco conta com 10 covers do soul que fazem parte da história, com exceção da última faixa do disco ”Ooh Carlas, Ooh Thomas”, que foi uma composição inédita conjunta da dupla. Dos destaques do disco, ”Knock On Wood”, é uma pedrada de Soul com uma produção impecável e muita pressão, um outro destaque maravilhoso que faz bem o contraste do disco é ”When Something Is Wrong With My Baby”, uma balada lírica simplesmente incrível! Essa cadência do disco é perfeita e muito bem balanceada.

De considerações finais, ”King & Queen” é um disco impecável, curto com cerca de 32 minutos. Com certeza é um dos grandes discos da história do soul que reuniu nomes extremamente importantes. Fica a nossa recomendação!

Autor: Neto Rocha

23 anos. Grande entusiasta de uma das coisas mais poderosas inventadas pelo homem, a música.

Deixe um comentário