”Dream a Little Dream Of Me” – A salvação dos The Mamas And The Papas.

Uma das baladas mais conhecidas de todos os tempos ”Dream a Little Dream Of Me” é a escolhida desta semana para compor o quadro ”As 100 melhores canções de todos os tempos”. Ela é bem mais antiga do que se possa imaginar, foi gravada em 1931 por Ozzie Nelson. Desde então, passou por diversas interpretações dos mais variados estilos, mas é fato que foi na voz de Cass Elliot do The Mamas And The Papas” que a faixa é lembrada nos dias de hoje!

Mamas And The Papas

A música ainda teve a benção de dar uma reviravolta na carreira da banda, eles não haviam feito sucesso anteriormente e o clima estava bem negativo, mas foi aí que a banda pensou em gravar uma faixa que era apenas uma ”brincadeira” entre eles, e ainda bem que fizeram isso, o single de 1968 alcançou o 12º lugar na Billboard e deu uma nova ”cara” à banda.

Acho interessante destacar o feeling de Elliot na interpretação dessa faixa, que apesar de não ser da autoria deles, ela trouxe uma verdade, tomando a canção para si mesma. Ela comentou: ”Tentei cantar como se fosse 1943 e alguém tinha acabado de entrar e dizer: ‘Aqui está uma nova música’. Eu tentei cantar como se fosse a primeira vez. “

Na letra, o eu lírico se despede do seu amor, parece que por um breve momento, mas ele anseia tanto por estar junto à esse amor, que ele deseja que á noite se prolongue mais um pouco e depois que esse amor sonhe com ele. Depois o eu lírico deixa claro que vai esperar o tempo que for preciso.

”Dream A Little Dream On Me” foi uma música muito importante para a banda e para todo o cenário do pop daquele final dos anos 60. É uma composição realmente diferenciada e muito original, com certeza cumpre seu papel no quadro das 100 melhores canções de todos os tempos!

44/100

Dream A Little Dream

Autor: Neto Rocha

22 anos, atleta de futebol e grande entusiasta de uma das coisas mais poderosas inventadas pelo homem, a música.

Deixe um comentário