O Surgimento de Bruce Dickinson: 40 anos de Head On, do Samson

Provavelmente você já ouviu falar do SAMSON por ter sido a banda de Bruce Dickinson antes do Iron Maiden. Caso nunca tenha ouvido falar, basta saber que é mais uma das bandas que fazem parte da New Wave Of The British Heavy Metal. Formada em 1979, lançou o seu segundo disco já em 1980, cujo aniversário de 40 anos completa-se hoje; Head On é o disco – cuidado para não confundir com o do Bachman Turner Overdrive.

A banda era composta por Bruce Dickinson (vocal), Paul Samson (guitarra), Chris Aylmer (baixo) e Thunderstick (bateria); este último fez parte do Iron Maiden ainda nos primórdios da banda, e veremos que só isso será motivo para uma polêmica. Em Head On, temos tudo aquilo que a Nova invasão britânica tinha de mais característico: Guitarras rápidas e agressivas, grooves acelerados e retos e muita bateção de cabeça.

Confesso que a banda não é das minha favoritas do gênero, mas, quando adolescente, fissurado pelas descobertas, me deparei com este disco e, por alguns meses, ele desceu bem redondo; e, convenhamos, é sempre muito bom poder ouvir Bruce Dickinson cantar, ainda mais de uma maneira um pouco diferente da que estamos acostumados a ouvir no Maiden.

S2

Há bons momentos neste álbum, como ”Hard Times”, ”Manwatcher” e ”Take Me To Your Leader”, mas eu queria chamar atenção para uma música específica; como eu disse, temos uma polêmica neste disco, e ela se chama ”Thunderburst”. Possivelmente, você já ouviu essa música – se for um metaleiro e plantão, não tenho dúvidas que já se deparou com ela – mas com outro nome: ”The Ides Of March”.

Isso mesmo, a faixa que abre o disco Killers, do Iron Maiden, de 1981. Esta música foi composta por Steve Harris e Thunderstick quando o mesmo ainda estava na fase embrionária da banda, em 1977, aproximadamente. E, quando foi incluída no Killers, Harris não deu o devido crédito ao baterista do Samson, o que acarratou numa briga judicial e os antigos ex- amigos ficarem brigados por anos.

Bom, se você estiver a procura de um metal tradicional e bem enérgico, Samson é uma boa pedida; vale a pena dar uma conferida.

A text by @lukaspiloto7twister

Anúncios

Autor: Luc Rhoads

Um grande apaixonado por música e aventuras. Carioca, estudante de Educação Física, professor de inglês e vascaíno doente.

Deixe um comentário