45 anos de “One Of These Nights” – Os Eagles ampliando sua qualidade e popularidade.

Um caso muito curioso sempre pairou sobre essa grande banda. Há muito tempo, esse grupo é considerado um dos mais emblemáticos da história da música americana, recordistas com milhares de álbuns vendidos e com uma sequência de hits avassaladores que dominaram as rádios dos Estados Unidos durante os anos 70 inteiro. Porém, todo esse imenso sucesso não se traduziu para o restante do mundo. Aqui no Brasil mesmo, até hoje eles são conhecidos pela grande maioria (muito erroneamente, diga-se de passagem) como a banda de uma certa canção famosa chamada “Hotel California”.

Há exatos 45 anos atrás, os Eagles lançavam um de seus principais discos, que contém alguns desses grandes sucessos do repertório da banda e mais outras pérolas sensacionais. É claramente o álbum mais diversificado que a banda lançava até então, e apresenta uma junção de Country/Rock e Pop/Rock de forma muito equilibrada. O disco também é o primeiro a apresentar o grande guitarrista Don Felder, que se juntou permanentemente aos quatro membros fundadores para fazer do Eagles um quinteto. Além disso, este é o único lançamento do grupo a apresentar contribuições de composição e vocais principais de todos os cinco membros. Neste trabalho, o grupo pegou o seu dom natural em bolar ótimos arranjos, boa musicalidade e harmonias vocais perfeitas, só que de forma ainda mais inspirada e ampliada.

Para provar essa fase mais democrática que a banda estava passando, dois belos exemplos são do baixista Randy Meisner, que estava mais audível do que nunca, com dois vocais principais, incluindo um dos três singles de sucesso do álbum, a maravilhosa balada “Take It To The Limit”, que conta com um arranjo e uma interpretação vocal de arrepiar. Já o guitarrista Bernie Leadon teve duas faixas, entre elas o estupendo instrumental meio viagem cósmica de “Journey Of The Sorcerer”. No entanto, é inegável que a dupla Henley e Frey são novamente o grande destaque aqui, a começar pela faixa-título, um excelente single número um, que tinha um som mais R&B do que qualquer coisa que a banda havia tentado anteriormente. “Lyin ‘Eyes” é uma lindíssima balada Country/Folk daquelas que dá pra sentir até a poeira da estrada batendo no rosto se fechar os olhos ao ouvir, e também se tornou outro grande sucesso do LP.

“One Of These Nights” é com certeza um dos discos mais importantes da discografia desta grande banda. Foi o auge da mistura de Rock, Country e Folk que os Eagles estavam fazendo desde o início, só que desta vez, souberam encontar um equilíbrio perfeito e eficiente nisso. O resultado foi o álbum mais bem sucedido e popular do grupo até aquele momento. Além disso, “One Of These Nights” pode ser considerado também como o álbum “turning point” da carreira deles, pois a banda já demonstrava aos poucos em como deixaria o som mais Country raiz um pouco de lado, para apostar numa sonoridade mais Soft Rock, que se afirmaria com mais exatidão no trabalho posterior, o mega clássico “Hotel California” (1976), mas isso, já papo para um futuro post.

Anúncios

Autor: Felipe Silva

28 anos, paulista, corinthiano, e o mais importante, consumidor compulsivo de música! Rock, Soul, Funk, Blues, Jazz, MPB, que a música boa seja exaltada independente de gênero. God bless you all.

Nenhum pensamento

  1. Na minha opinião, este foi o último disco realmente bom dos Eagles. O que a banda fez depois, daquela chatíssima canção “Hotel Califórnia” pra frente, não me interessa mais…

Deixe um comentário