As raízes negras em uma banda branca.

Hoje é dia de revirar não apenas a coleção, mas, também, revirar o esqueleto até não poder mais.  Nossos convidados vêm diretamente de Dundee, Escócia, diretamente para sua sala de estar; estou falando da sensacional AVERAGE WHITE BAND. O soul/funk/R&B feito em sua forma plena, aquele som que parece ter sido feito por afrodescendentes americanos – de forma nenhuma digo isso de maneira pejorativa. Os membros da banda já haviam tocado juntos antes na Escócia, mas se mudaram para Londres separadamente e se encontraram por acaso em um show do Traffic, banda liderada por Steve Winwood. Eles decidiram tocar juntos; um amigo os ouviu e comentou: “Isso é demais para o homem branco comum”, que foi adaptado como o nome da banda.

O primeiro show da banda foi abrindo para Eric Clapton, em 1973. Bruce McCaskill, que era o gerente de turnê de Clapton, gostou da música da banda e concordou em administrá-la. Ele emprestou dinheiro para levá-los aos EUA e promovê-los, conseguindo, inclusive, um contrato com a Atlatic Records. Ainda em 1973, o AWB lançou seu primeiro álbum, chamado Show Your Hands, que foi um desastre comercial. Tudo mudou quando o disco que falaremos agora foi lançado, em 1974…

O sexteto formado por Allan Gorrie, Hamish Stuart, Roger Ball, Molly Duncan, Onnie McIntyre e Robie McIntosh, mudou-se para Los Angeles a pedido de McCaskill e conceberam o espetacular AWB, disco que atingiu o topo da Billboard e gerou o grande hit instrumental ”Pick Up The PIeces”. Outras canções de destaque são: ”You Got I”, ”Work To Do”, Just Want To Love You Tonight e ”There’s Always Someone Waiting”.

AWB2

Instrumental impecável, altas harmonizações vocais, uma vibe totalmente animada que vai fazer você querer sair dançando sem parar do início ao fim. Se você gosta de Funkaelic, Parliament, Ohio Players, Sly and The Family Stone… com certeza gostarão do AWB; há muita coisa boa a ser descoberta no Reino Unido e Irlanda, este é apenas um exemplo. Só colocar na vitrola, abrir um vinho e se divertir.

A text by @lukaspiloto7twister

 

Anúncios

Autor: Luc Rhoads

Um grande apaixonado por música e aventuras. Carioca, estudante de Educação Física, professor de inglês e vascaíno doente.

Deixe um comentário