O Mais Alto Escalão do Metal Nacional – 25 Anos de “KZS”

Uma das bandas mais respeitadas do Metal Nacional (e com renome mundial!), o Korzus dispensa apresentações. Construindo uma carreira com suor e sangue, eles estão por aí desde o berço do som pesado paulista, na lendária coletânea SP Metal II (1985), idealizada pela lenda viva Luiz Calanca e seu santuário, a Baratos Afins. Em anos de correria no Underground, lançaram diversos clássicos, e o espetacular KZS (1995) está completando 25 anos!

Após rodar a Europa na turnê do clássico Mass Illusion (1991), o Korzus ganha algumas grandes adições na formação. A primeira delas foi Fernando Schaefer, um dos bateristas mais experientes na cena, e, completando o time, Marcelo “Soldado” na guitarra. Com a produção limpa e precisa do renomado Steve Evetts (Symphony X, Hatebreed), KZS traz um som ainda mais pesado, alinhado ao que bandas como Sepultura, Pantera e Machine Head faziam na época.

O disco é uma coleção de Metal lotado de Groove e riffs absolutamente matadores. O pé na porta inicial de “Internally”, com o pedal duplo insano de Fernandão, a sincopada “Sadness” e a ridiculamente pesada “Beware”, que destaca os urros profundos de Marcello Pompeu. O exímio trabalho guitarrístico da dupla Golfetti/Soldado também é um destaque, em porradas como “Last Meal” e “Namesake”. O som Thrash Metal característico da banda está presente, mas com um pé no Hardcore, nos ataques relâmpago de “Cumbacore”, “What A Pain”, “BS (A Hole In The Head)” e também em “The Boss”, um encerramento perfeito e simplesmente selvagem!

KZS é um clássico absoluto, e é nosso dever exaltar uma das maiores bandas da cena nacional, com seus mais de 35 anos de história que representam todos os “Guerreiros do Metal”!

Anúncios

Autor: Caio Braguin

16 anos, baterista, aficionado por música (e todas as formas de arte) desde o berço. Música é minha vida!

Deixe um comentário