A Trilha Sonora de Uma Geração – 15 Anos de “Demon Days”

Qualquer filho dos anos 2000 já está mais do que familizarizado com o Gorillaz. Inovando ao trazer o conceito de “banda virtual”, o projeto de Damon Albarn foi responsável por uma avalanche de hits (vide “Clint Eastwood”) em seu primeiro e autointitulado disco, em 2001. 4 anos depois, eles estavam de volta com Demon Days, que hoje completa 15 anos!

Expandindo ainda mais a paleta sonora da icônica estreia, o disco é como o Zeitgeist desse século, uma viagem meticulosamente guiada pelo espírito muitas vezes caótico permeou esses últimos 19 anos. A mistura original de Rock Alternativo, Hip Hop e música eletrônica funciona quase como um playground para Albarn , que parece estar se divertindo como nunca em cada nuance do álbum.

Mas, Albarn não está sozinho. Agora sem a participação de Dan, The Automator, ele conta com o auxílio luxuoso (que tornou-se recorrente) de grandes nomes. É o caso do De la Soul, que entrega alguns versos no que é simplesmente o maior hit da banda, a irresistível “Feel Good Inc.”, a voz da lenda do Madchester Shaun Ryder na festeira “Dare” e as rimas do espetacular MF Doom em “November Has Come”, entre muitas outras colaborações que, ainda assim, soam como uma unidade. Cada canção aqui é excepcionalmente fresca, seja na grandiosidade orquestral da faixa-título, o puro espírito inglês à la Talking Heads de “Kids With Guns” ou o suingue eletrônico de “Fire Coming out of the Monkey’s Head”, uma obra simplesmente sensacional!

Uma deliciosa salada musical, Demon Days se saiu ainda melhor do que a estreia do Gorillaz, e se tornou um dos grandes discos dessa geração, e segue ressoando seu “Feel Good Inc.” até hoje!

Anúncios

Autor: Caio Braguin

16 anos, baterista, aficionado por música (e todas as formas de arte) desde o berço. Música é minha vida!

Deixe um comentário