A garota mais famosa do Brasil!

Todos sabemos da extrema dificuldade da música brasileira penetrar nos grandes centros mundiais, mais inimaginável ainda chegar às primeiras posições da parada da Billboard e superar um single de uma bandinha aí de Liverpool chamada Beatles. Pois é, isso aconteceu com ”Garota de Ipanema” do nosso GRANDE Tom Jobim.

A música foi criada por Tom Jobim e letrada por Vinícius de Moraes a pedido do empresário Oscar Ornstein, com o intuito de integrar uma peça musical intitulada Dirigível, que nunca foi lançada. O título original seria ”A menina que passa” e, assim como o nome do musical, a letra da canção foi totalmente reformulada por Vinícius, por achá-la melancólica demais. Já imaginou como seria ”Garota de Ipanema” se a letra fosse assim:

”Vinha cansado de tudo
De tantos caminhos
Tão sem poesia
Tão sem passarinhos
Com medo da vida
Com medo de amar

Quando na tarde vazia
Tão linda no espaço
Eu vi a menina
Que vinha num passo
Cheio de balanço
Caminho do mar”

Difícil, né!? Pois bem, após a alteração da letra, a canção ficou exatamente do jeito que a conhecemos hoje e é aclamada e amada por várias pessoas ao redor do mundo; não à toa estima-se que apenas ”Yesterday”, dos Beatles, tenha mais número de regravações por outros artistas do que ”Garota de Ipanema”. Frank Sinatra, Amy Winehouse, Cher, Madonna, entre outros grandes nomes da música já prestaram seu tributo a esta grande música.

A inspiração para Garota de Ipanema foi Heloísa Eneida Menezes Paes Pinto (agora conhecida como Helô Pinheiro), uma garota de dezessete anos que vivia na Rua Montenegro em Ipanema. Diariamente, ela passava pelo bar-café Veloso a caminho da praia. Às vezes, ela entrava no bar para comprar cigarros para a mãe. No inverno de 1962, os compositores viram a garota passar pelo bar e inspirados nela compuseram a canção.

GI3

Durante uma sessão de gravação em Nova Iorque com João Gilberto, Antônio Carlos Jobim e Stan Getz surgiu a ideia de criar uma versão em língua inglesa. Norman Gimbel se ofereceu para traduzir as letras para o inglês. A gravação foi repleta de desentendimentos entre Tom, João e Stan, muitas vezes resultando em brigas pela escolha do melhor take e pela tentativa de retirar a palavra Ipanema, já que Norman achava que a referência à praia carioca nada representaria para os americanos. No entanto, após muito esforço e entreveros, a música foi gravada respeitando as condições de Jobim em não querer que tal referência fosse suprimida.

A canção ganhou um Grammy de Gravação do Ano em 1965, superando grandes sucessos como “I Want To Hold Your Hand”, dos Beatles e “Hello, Dolly”, de Louis Armstrong. Foi introduzida no Hall da Fama do Grammy Latino em 2001. Em 2004, a canção foi adicionada ao Registro Nacional de Gravações pela Biblioteca do Congresso.

GI1

Tudo isso só demonstra o quão importante e marcante foi e é a famosa ”Garota de Ipanema”, uma das coisas mais lindas e cheias de graça que a nossa música já produziu. E temos o orgulho em dizer que esta conspecta canção fora produzida e composta em solo tupiniquim e que transformar-se-ia em uma grande referência além das fronteiras brasileiras. Não é preciso que diga para ouvi-la porquanto todos já a conhecem, contudo, rogo que nunca deixem de enaltecer a moça do corpo dourado.

A text by @lukaspiloto7twister

Autor: Luc Rhoads

Um grande apaixonado por música e aventuras. Carioca, estudante de Educação Física, professor de inglês e vascaíno doente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s