LITTLE WALTER – O Gigante da Gaita

Hoje o Entre Acorde te convida para comemorar os 90 anos de uma figura pioneira da gaita. Little Walter faz 90 anos, e quem ganhou o presente foi a gaita. Apesar desse anúncio de loja varejista. O Little Walter colocou a gaita em um “Oto Patamar”. Ele que também foi músico, cantor e compositor, tudo isso ao mesmo tempo. Ele que pode ser chamado de Jimi Hendrix da gaita, apesar de existir gente que duvide do talento do Hendrix. Mas, hoje é festa e vamos falar das coisas boas.

Em 1945 ele chegou em Chicago, havia passado por algumas cidades desde quando tinha 12 anos de idade.  Foi aperfeiçoando sua gaita por onde passava, desde do dia que deixou Louisiana. Ele não demorou muito para ficar indignado com o som das guitarras elétricas que abafaram a sua gaita. A solução foi uma atitude que parece simples para quem ouvi hoje. Mas, o “Pequeno” Walter, colocou sua gaita conectada a um microfone e o ligou em um amplificador. Agora o jogo estava de igual para igual. Com essa potência sonora, o nosso Little Walter brincou com o seu talento, e, fazer isso tendo o mesmo protagonismo sonoro que uma guitarra. Sim, ele usou a distorção ao seu favor. Talvez, uns dos primeiros.

A estrela de Little Walter, simplesmente encontrou uma das melhores gravadoras de sucesso da época, a famosa:  Chess Records. Estamos no tempo dos dinossauros da música, o T-Rex, Elvis ainda não havia aparecido, e, nem o meteoro Beatles, que cairia na américa gerando abalos em suas estruturas com a “beatlemania”. Temos um encontro maravilhoso do nosso aniversariante com Muddy Waters. Essa parceria duraria por toda a década de 50. Como hoje e dia de festa, vou deixar um brigadeiro para vocês antes do bolo. O filme: “Cadillac Records”, que conta a história da gravadora que teve além do nosso aniversariante temos Muddy Walters, Etta James, Chuck Barry e Howlin’ Wolf. Além do seu grande elenco, o filme mostra a cena musical da época.

Muddy Waters de branco

A parceria com Muddy Waters nunca teve fim, ela esta marcada nos maiores clássicos do Muddy. Ele também firmou uma parceria de sucesso com Williem Dixon, foi quando emplacou quatorze hits entre os melhores das paradas da R&B da BILLBOARD!! Sendo o único artista que tocava gaitar a chegar nessa marca. Ele teve várias gravações com os grandes nomes do blues de Chicago. Reza a lenda, que ele fez uma turnê em 64 com os Stones. O Keith desmentiu essa conversar. Quem nunca mentiu? Acontece. (Rsrs) O nosso aniversariante já festejou com grandes nomes do blues e deu força para gaita ser um instrumento charmoso e um ícone essencial do blues. Hoje a festa ficou por conta do gigante Little Walter… álcool nas mãos e nos copos e vamos cantar… é big, é big, é big…

Anúncios

Autor: lusquinhos87

Eu queria ter uma bomba, um flit paralisante qualquer. Pra poder me livrar do prático efeito. Das tuas frases feitas, das tuas noites perfeitas

Deixe um comentário