90 anos de Bobby ‘Blue’ Bland: A lendária voz do Soul/Blues

Durante a minha jornada particular adentro (na qual ainda estou, diga-se de passagem) do maravilhoso e extenso universo da música negra americana, quando comecei a me familiarizar com a obra de grandes ícones do estilo como Marvin Gaye, Stevie Wonder, James Brown, BB King, Howlin’ Wolf, entre outros, com o tempo, me senti na necessidade de explorar territórios mais “desconhecidos” daquele mesmo mundo, representado por artistas não tão populares como os primeiros citados, mas que também possuem legados musicais excelentes e vitais para o desenvolvimento dessa mesma cena.

Um desses nomes, é o espetacular cantor Bobby “Blue” Bland, que ao longo de sua carreira, conseguiu com maestria, fundir o Blues e o Soul de forma genial e brilhante, como talvez nenhum outro tenha conseguido (pelo menos não da mesma forma incrível que ele conseguiu abordar e unir as linguagens destes respectivos gêneros resultando num híbrido belíssimo). Dono de uma voz poderosa e muito emocionada, suas interpretações sempre são carregadas de um sentimento muito intenso, e repletas de um feeling profundamente apaixonante, que seriam capazes de levar às lágrimas até mesmo os ditadores mais sanguinários da história.

Ao longo de sua grande carreira, gravou uma série de discos excelentes na qual lhes deixarei quatro de indicação, para que assim, você possa adicionar mais um maravilhoso e imperdível “item” no seu “currículo” de audição musical. Sua magnífica estreia com “Two Steps From The Blues” (1961), “Here’s the Man!!!” (1962), “His California Album” (1973), e “Dreamer” (1974, que aliás já foi postado aqui pelo nosso fundador Neto Rocha).

No dia em que este lendário cantor completaria 90 anos, homenageie o cara, pegando pelo menos um desses discos (ou aquele de sua preferência) e escute a maravilhosa música e voz que o sensacional Bobby “Blue” Bland nos deixou. Com certeza não há homenagem melhor que essa para um artista!

 

Autor: Felipe Silva

28 anos, paulista, corinthiano, e o mais importante, consumidor compulsivo de música! Rock, Soul, Funk, Blues, Jazz, MPB, que a música boa seja exaltada independente de gênero. God bless you all.

Deixe um comentário