85 anos do Rei do Rock And Roll – A Lenda que jamais será apagada da história

Em toda a história da música mundial, existem vários artistas e músicos que ao longo do tempo se tornam grandes lendas e figuras icônicas que deixam suas marcas registradas no universo do Showbiz. Porém, existe uma pequena parcela daqueles que conseguem ir ainda mais além, e se tornam verdadeiros mitos sagrados, e ganham uma espécie de aura de status de semi deuses dentro da história. E um desses seres especiais, com certeza é o homem que até hoje é reverenciado e conhecido como o Rei do Rock And Roll: Mr. Elvis Presley, que estaria completando exatos 85 anos de vida hoje.

Dono de um vozeirão espetacular e de um carisma estratosférico, Elvis conquistou o mundo inteiro com sua maravilhosa, revolucionária e influente música, basicamente e essencialmente banhada de Rockabilly, Country, Blues, Pop, Soul e Gospel, interpretando com maestria grandes e maravilhosos clássicos do calibre de “Hound Dog”, “Jailhouse Rock”, “Heartbreak Hotel”, “Can’t Help Falling In Love”, “Blue Suede Shoes”, “Suspicious Mind”, entre vários e vários outros, que embora não fossem nenhum compostos por ele, foram eternizados para sempre no cancioneiro da história da música mundial, graças às suas interpretações/performances arrebatadoras e arrepiantes.

Além do monstruoso talento como cantor e performer, Elvis trabalhou muito bem a sua imagem visual como galã, e selecionou um vasto e excelente repertório que se traduzem nos discos fantásticos que gravou ao longo de sua vida, como o homônimo “Elvis Presley” (1956), “Elvis Is Back!” (1960), “From Elvis In Memphis” (1969), “Elvis Country” (1971), entre outros. Com uma obra e um legado incrivelmente extenso, Elvis é sem sombra de dúvidas, um dos maiores pioneiros no que diz respeito ao desenvolvimento do Rock And Roll na segunda metade dos anos 50. O fato é que o Rock jamais teria sido a mesma coisa se não fosse o talento e a perspicácia de Elvis em se tornar uma das figuras mais fundamentais para a ascensão do gênero musical mais revolucionário da história.

Infelizmente, na segunda metade dos anos 70, ainda que mantendo um certo brilhantismo em sua música, Elvis passou por um grave declínio pessoal, que resultou em sua triste e precoce morte aos 42 anos de idade, no dia 16 de agosto de 1977. Ainda assim, Elvis Presley com certeza está naquele seleto time de artistas da qual citei no começo destas mal traçadas linhas, que daqui há 20, 40, 80 anos, sempre serão lembrados por tudo de mágico e maravilhoso que fizeram para este mundo louco ser um lugar mais feliz de se viver. E isso, definitivamente está muito longe de ser pouca coisa.

Anúncios

Autor: Felipe Silva

28 anos, paulista, corinthiano, e o mais importante, consumidor compulsivo de música! Rock, Soul, Funk, Blues, Jazz, MPB, que a música boa seja exaltada independente de gênero. God bless you all.

Deixe um comentário