Um Power Trio Em Sua Essência – 50 Anos de “Grand Funk”

Após sua grande estreia, o Grand Funk Railroad estava “On Time” para, ao final do mesmo ano de 1969, vir com o disco que lançaria o Power Trio nas paradas. É claro que estamos falando do clássico “Grand Funk” (também conhecido como “The Red Album”), que hoje completa seus 50 anos!

O som aqui, assim como no disco anterior, é cru, cheio de jams, riffs marcantes, típico de discos gravados “ao vivo no estúdio”, mas, acima de tudo, maravilhosamente ROCK ‘N’ ROLL!

O início se dá com a porrada “Got This Thing On The Move”, já exacerbando a força da natureza do groove pulsante de Don Brewer, o baixo federal e estrondoso (muito valorizado pelo Mix) de Mel Schacher e o vozeirão do frontman Mike Farner.

“Please Don’t Worry” já nos apresenta o Blues Rock cheio de Groove, tão influenciado por trios como o Cream, ou o Jimi Hendrix Experience. “Mr. Limousine Driver” é mais um petardo sincopado, enquanto “In Need” é uma grande jam, cheia de passagens instrumentais, e até um explosivo solo de gaita.

E jams são o que não falta no lado B do álbum, com as pérolas “Winter And My Soul” e “Paranoid”. O cover “Inside Looking Out” encerra o disco com o que, com todo o respeito aos Animals, é uma versão MUITO melhor desse clássico, adicionando a explosão do jovem trio à canção (elogiar o baixo de Mel Schacher seria eufemismo), tornando-a uma marca registrada em seus shows.

“Grand Funk” é um grande marco na carreira do grupo, mostrando de vez ao mundo seu poderio sonoro, que ainda perduraria por muito tempo e os caracterizaria como a verdadeira banda americana!

Autor: Caio Braguin

16 anos, baterista, aficionado por música (e todas as formas de arte) desde o berço. Música é minha vida!

Deixe um comentário