70 anos de Tom Waits: Uma das figuras mais enigmáticas da música americana

Hoje, o enigmático cantor, compositor e ator Tom Waits, completa 70 anos de vida!

Uma das figuras mais autênticas da música americana, Tom Waits é declaradamente uma das mentes mais “loucas” e inquietantes possíveis. Ao mesmo tempo em que resolveu armar sua arte com diversos elementos do Jazz, Blues, Funk e da música americana de raiz, a veia músical do cara é algo que procura constantemente desafiar paradas convencionais. É como se a cabeça de Tom estivesse sempre ansiando por novos sons, harmonias loucas, e melodias inesperadas, tudo no intuito de colocar a música em primeiro plano, e oferecer as pessoas as canções mais “esquisitas”, experimentais, e fascinantes possíveis, com arranjos desconcertantes, e mais a sua voz rouca e grave, que para alguns pode soar “estranha”, para outros pode ser um charme misterioso.

Um veterano multimídia dono de uma carreira brilhante, Tom Waits também atuou significativamente em filmes como “Drácula” (1992), “Vidas Sem Rumo” (1983), e “Down By Law” (1986). De recomendação de sua obra musical, deixo-lhes de indicação três discos excelentes e essenciais para mergulhar e aprender a nadar no profundo mar que é Tom Waits, que ora pode ser “assustador” para ouvintes convencionais, e outras vezes extremamente calmo e convidativo: “The Heart Of Saturday Night” (1974, inclusive já foi postado aqui nesta página), “Heartattack and Vine” (1980) e “Rain Dogs” (1985).

Tom Waits está longe de ser um músico que se encaixa em padrões, sua arte pode até muita das vezes e com muito êxito, ir muito além do que podemos considerar normalmente como música. Mas não se espantem, sua obra tambem é riquíssima e bela, e tenho certeza de que todos aqueles que se dispõem a embarcar com vontade, poderá ter experiências musicais marcantes e muito agregadoras na vida. Feliz 70 anos para essa grande figura que é Tom Waits.

Anúncios

Autor: Felipe Silva

28 anos, paulista, corinthiano, e o mais importante, consumidor compulsivo de música! Rock, Soul, Funk, Blues, Jazz, MPB, que a música boa seja exaltada independente de gênero. God bless you all.

Deixe um comentário