“Knockin’ On Heaven’s Door”: A inspirada composição espiritual de Bob Dylan

O entre acordes abre as cortinas para o nosso quadro “As 100 melhores canções de todos os tempos”. Hoje vamos falar de “Knockin On Heavens Doors“ , uma canção que no Brasil ficou conhecida pela versão de Zé Ramalho. Já para outros ficou conhecida pela versão do Guns N’Roses. Na verdade, temos uma lista maravilha de cantores e bandas que reproduziram esse clássico do Bob Dylan. As vezes não temos ideia da grandeza dessa canção que é tão íntima e com uma levada dramática. Bob Dylan fez essa canção para trilha sonora do filme “Pat Garrett and Billy the Kid” que virou um álbum da discografia de Dylan. A canção nos leva para o velho Oeste aonde um xerife é baleado e antes de sua morte informa a sua mãe que o seu distintivo e sua arma não têm mais validade. O refrão que não sai da sua cabeça e que faz você cantar em coro repetidas vezes. Se tornaram a marca dessa canção.

A lista de cover é de diversos estilos musicais. O que leva a crer que óbvio. Bob Dylan influencio com suas letras diversas pessoas e tocou a todos com sua melodia dramática, sobre uma canção triste que nos faz refletir um momento tão certo e ingrato da vida. Temos nomes como Mungo Jerry, Guns N’ Roses, Eric Clapton, The Grateful Dead, Led Zeppelin, Aerosmith, The Sisters of Mercy, Bryan Ferry, The Alarm, Bob Marley, Mark Knopfler, Bruce Springsteen, U2, Heaven, Nina Hagen The Lost Dogs, Randy Crawford, Babyface, Beau Jocques, Nazareth, Chaozz, Avril Lavigne, Zé Ramalho (Brasil), Rick Devin, Warren Zevon, Roger Waters, Pink Floyd, Heaven, Raul Seixas, DJ Jamaika, IRIS, Antony Hegarty e Lana Del Rey.

Quando uma canção se eterniza em nossas memórias, nós estamos sempre disposto a ouvir novas versões e criamos novas formas de interpretar essas versões. O “Entre Acordes” te dará duas tarefas. Para você que é fã de cinema do gênero “western”, te indico o filme “Pat Garrett and Billy the Kid”, e depois ouvir a trilha sonora feita por Bob Dylan. Você vai entender que essa é só mais uma obra de tantas outras que Bob Dylan criou. Não precisa de muita sensibilidade para entender a pureza e franqueza dessa canção. No mais seja Knockin On Heavens ou bate, bate na porta do céu. Essa canção está eternizada…(cante o refrão).

22/100

 

Anúncios

Autor: Felipe Silva

28 anos, paulista, corinthiano, e o mais importante, consumidor compulsivo de música! Rock, Soul, Funk, Blues, Jazz, MPB, que a música boa seja exaltada independente de gênero. God bless you all.

Deixe um comentário