Os 90 anos de uma lenda: O maior produtor e empresário da história da música americana

Nascido no dia 28 de novembro de 1929, o lendário Berry Gordy Jr. completa hoje exatos e inacreditáveis 90 anos de vida. Uma vida incrível e praticamente toda dedicada a música e ao entretenimento.

Berry Gordy é conhecido já há décadas por ser o presidente e maior mentor de uma das maiores gravadoras da história da música mundial, a espetacular Motown Records, que foi o berço criativo de algumas das maiores estrelas musicais de todos os tempos como Michael Jackson, Stevie Wonder, Marvin Gaye, Smokey Robinson, Diana Ross e entre muitos outros.

Antes de se tornar o Berry Gordy que o conhecemos hoje, ele tentou muitas carreiras: Boxeador, proprietário de loja de discos, trabalhador de linha de montagem de carros, e até mesmo uma passagem no Exército dos EUA, durante a Guerra da Coréia, até ele felizmente conseguir encontrar um nicho no mundo do entretenimento musical.

Um talentosissímo compositor, Berry escreveu ou co-escreveu sucessos para Jackie Wilson, como “Reet Petite” “Lonely Teardrops” e “To Be Loved”, mas apesar desse sucesso, Berry não se contentou em escrever músicas: O espírito empreendedor ardia dentro de seu peito, e a partir desse grande desejo em alçar vôos maiores, em 1959, Berry resolveu aplicar alguns dos princípios que havia aprendido na fábrica de automóveis, na produção de discos e criação de grupos musicais e artistas solos. Ele imaginou uma processo pelo qual “uma criança podia entrar por uma porta desconhecida na rua, e sair como um artista já pronto para o sucesso”. Com uma determinação e disciplina que refletia em seu treinamento como boxeador, e um desejo de sucesso que correspondia as lições que aprendeu com a rigorosa educação dada pelos pais, Berry construiu um imenso império no West Grand Boulevard, conhecido como Motown Records.

A Motown Records Corporation foi constituída em abril de 1960, o mesmo ano que produziu o maior sucesso de Barrett Strong, “Money” (Gravada pelos Beatles em 1963)”, pelo qual Berry compartilhou créditos de composição com Janie Bradford. “Shop Around”, co-escrita com o vocalista Smokey Robinson, também foi lançado naquele ano, e alcançou #1 e #2, respectivamente, nas paradas R&B e Pop da Billboard. Sua infindável energia, e seu esforço sem limites resultaram num crescimento monstruoso da família Motown Records, com sucessos após sucessos todos alcançando o topo das paradas durante anos e anos.

Depois de muito tempo no comando da Motown, Berry assumiu o cargo de presidente do conselho, permitindo à geração mais jovem uma oportunidade para liderar a empresa em uma nova era. Ele vendeu a empresa em 1988, mas sua conexão com o “Sound of Young America” ​​é inquebrável e eterna. Por isso, não é exagero nenhum se referir a Berry Gordy hoje como o maior produtor de discos de toda a história. Um homem, que com a sua extraordinária e genial visão, marcou e mudou para sempre não só a música negra americana, como a música mundial. Feliz 90 anos para esse mestre!

Autor: Felipe Silva

28 anos, paulista, corinthiano, e o mais importante, consumidor compulsivo de música! Rock, Soul, Funk, Blues, Jazz, MPB, que a música boa seja exaltada independente de gênero. God bless you all.

Deixe um comentário