45 anos de ‘Goodnight Vienna’ de RINGO STARR

 

Quatro anos após o encerramento dos Beatles, Ringo Starr traz seu quarto disco solo que inclui composições de grandes amigos como John Lennon, Elton John e Harry Nilsson.

Apesar de “Good-night, Vienna” ser também o título de um musical Britânico de 1932, o nome do disco dá-se pela segunda composição de Lennon para a carreira solo de Ringo. “Goodnight Vienna” nada mais é que uma gíria Liverpudlian para “tudo acabado” e “bohunk” (também presente na letra da música) é um termo Londrino levemente depreciativo para um imigrante de ascendência boêmia.

“…jus alright, It’s all da da down to Goodnight Vienna” (tudo ia bem até que, boa noite Vienna)
“Felt like a bohunk but I kept up my cool” (fiquei como um bohunk, mas eu mantive minha calma)

Em “Occapella” de Allen Toussaint, Ringo interpreta o Rhythm & Blues de Toussaint com aquele jeito Ringo de cantar como em “With a Little Help from my Friends”.

Com participação de Elton John que também contribuiu nas gravações deste disco em uma composição feita em parceria com Bernie Taupin, “Snookeroo”, A música diz respeito a um cara sortudo do norte da Inglaterra, o próprio Ringo Starr. Bernie Taupin confirma isso chamando-a de: ” uma coisa biográfica simples” (“a simple biographical thing”). Elton John adicionou que: “Bernie escreveu letras muito simples, letras muito do tipo Ringo e tentei escrever uma melodia simples para ela” (“Bernie wrote really simple lyrics, very Ringo type lyrics and I tried to write a simple sort of melody to it”).

A canção “No No Song” que inclusive tem versão em português com o Raul Seixas no disco “A Pedra do Gênesis” como “Não Quero Mais Andar Na Contra Mão” atingiu No.1 no Canadá e No.3 nos EUA. A letra descreve uma série de tentativas de amigos que tentam empurrar maconha colombiana, cocaína espanhola e aguardente do Tennessee a um viciado em recuperação, que recusa tudo. Ringo Starr após a separação dos Beatles passou de fato por uma faze obscura e abuso de drogas no início dos anos 70 com a constante presença de Marc Bolan, Elton John e Harry Nilsen que canta backing vocal nessa canção.

Lennon que após gravar a demo de “(It’s All Down to) Goodnight Vienna” pra Ringo em 1974, também sugeriu que Ringo fizesse um cover do hit “Only You (And You Alone)” do ‘The Platters’ para o disco. O single tornou-se o No.6 na Billboard Hot 100 dos EUA e alcançou o No.1 no Easy Listening chart no início de 1975 fazendo desta a canção mais popular do disco.

‘Goodnight Vienna’ é sem dúvida um clássico da carreira solo de um ex-Beatle, aonde na foto da capa encontrasse uma reprodução bem-humorada do filme Americano de ficção cientifica de 1951 “O Dia em que a Terra Parou” com Starr acenando vestido de Klaatu.

Side one
1 – (It’s All Down to) Goodnight Vienna (John Lennon)
2 – Occapella (Allen Toussaint)
3 – Oo-Wee (Richard Starkey/Vini Poncia)
4 – Husbands and Wives (Roger Miller)
5 – Snookeroo (Elton John/Bernie Taupin)

Side two
1 – All by Myself (Starkey/Poncia)
2 – Call Me (Starkey)
3 – No No Song (Hoyt Axton/David Jackson)
4 – Only You (Buck Ram)
5 – Easy for Me (Harry Nilsson)
6 – Goodnight Vienna (Reprise) (Lennon)

Texto por Gustavo Montagnini

Bibliografia:

Bernardin, Claude; Stanton, Tom. Rocket Man: Elton John A to Z. p. 95.

Fong-Torres, Ben (21 November 1974). “The Four Eyed Bitch is Back”. Rolling Stone. p. 61.

Harry, Bill (2004). The Ringo Starr Encyclopedia. London: Virgin Books. p. 182 p. 183 p. 206.

Swenson, Dave (November 23, 2013). “Top 10 Ringo Starr Solo Songs”. Ultimate Classic Rock. Retrieved 2019-07-07.

Whitburn, Joel (2002). Top Adult Contemporary: 1961-2001. Record Research. p. 230. Whitburn, Joel (2015). The Comparison Book. Menonomee Falls, Wisconsin: Record Research Inc. p. 481.

Anúncios

6 pensamentos

  1. Wonderfou….Gustavo…
    Compositores e cantores que realmente tinham talento..

  2. Maravilha ..Gustavo…
    Compositores e cantores que realmente tinham talento..

Deixe um comentário