Roy Buchanan: 70 anos

‘’O melhor guitarrista desconhecido do mundo’’

 

Essa foi a frase utilizada para descrever ROY BUCHANAN, que estaria completando 70 anos hoje. Um dos grandes guitarristas de seu tempo, sendo influência para grandes nomes como Jeff Beck, Gary Moore, David Gilmour, Mick Ronson etc.

  Nasceu em Ozark, Arkansas, e foi criado em Pixley, Califórnia, uma área agrícola perto de Bakersfield. Seu pai era um meeiro no Arkansas e um trabalhador agrícola na Califórnia.

RB2

Ao mesmo tempo que não gostava de ser o centro das atenções e se dedicar exclusivamente a sua grande paixão, a guitarra, Leroy Buchanan levou uma vida um tanto quanto atribulada: Já foi preso, problemas com o álcool, egocêntrico, tendo inclusive recusado a oportunidade de ter ninguém menos do que John Lennon como parceiro de composição.

Mestre da Fender Telecaster, foi encontrado morto numa cela da delegacia para onde foi levado – quando teve uma briga com sua esposa por estar embriagado – enforcado na própria camiseta, no dia 14 de Agosto de 1988. Sua morte é coberta de mistérios e muitos não acreditam na tese de suicídio. Ele tinha 48 anos de idade.

RB4

Buchanan era com certeza músico dos palcos. Seu desejo era apenas de compartilhar suas catarses criativas com seus espectadores. Preferia passar tempo com sua família e amigos. Por esse motivo, são escassas as informações sobre sua vida pessoal. Em entrevistas, ele mesmo afirmava que o showbizz o assustava.

Apesar de tocar com várias bandas, Buchanan tinha sua banda fixa chamada The Snakestretchers, e com ela lançou alguns ótimos discos na década de 70. Alegando esse motivo recusou um ótimo convite, feito por Eric Clapton, para integrar o Derek And The Dominoes. Aliás, recusar ‘’convites de peso’’ não era novidade na vida ne Roy, já que o próprio recusou um convite de Keith Richards para substituir Brian Jones nos Rolling Stones. Também declinou uma ‘’mãozinha’’ de John Lennon, em seu disco de 1973 That’s What I’m Here For.

RB3

Lennon estava no estúdio ao lado, trabalhando em Mind Games, quando se encontraram em um dos corredores. Após um breve papo, Lennon dissera que gostava muito do estilo e sonoridade de Buchanan, e que gostaria de compor alguma coisa juntos. Pedido prontamente recusado por Roy, dizendo que gostava de compor sozinho e que não estava tão inspirado para aceitar tal convite.

Loucura ou não, é fato que Roy Buchanan é um dos maiores guitarrista de Blues de todos os tempos, e tem trabalhos que merecem URGENTEMENTE serem escutados, tais quais: Roy Buchanan (1972), Second Album (1973) e A Street Called Straight (1976). Ouçam com bastante atenção e paguem este tributo a um grande guitarrista que passou toda a sua vida no anonimato, e cabe a nós trazê-lo um pouco para a luz, mesmo que tardiamente.

A text by @lukaspiloto7twister

Anúncios

Autor: Luc Rhoads

Um grande apaixonado por música e aventuras. Carioca, estudante de Educação Física, professor de inglês e vascaíno doente.

Deixe um comentário