“Riders On The Storm”: A incrível viagem na tempestade do The Doors

O “Entre Acordes” coloca a cabeça no meio das nuvens e o pé na estrada com o nosso quadro “as 100 maiores canções de todos os tempos”. A escolhida de hoje é mais que uma canção. “Riders on the Storm” é uma dessas musicas que vai te envolvendo sem você perceber, com sua introdução marcante, Ray Mazarek te leva a fazer parte da música usando seu teclado para te colocar como elemento da canção. Ele emula o som da chuva e dos trovões, que se tornar uma espécie de mantra, do qual você nunca vai esquecer.

O The Doors leva o ouvinte a entrar na jornada de vez, quando Jim Morrison começa a cantar. A faixa faz parte do disco de 1971 “L.A WOMAN” considerado, um dos melhores pelos fãs. Apesar de a música ter como pano de fundo o caso do assassino Billy Cook. Um homem com menos de 23 anos, que se fingiu de caroneiro na estrada e matou seis pessoas de uma família. Ela também te faz refletir entre seus versos pessimista e esperançosos. Em alguns momentos Jim Morrison tenta a avisar que a atitude de bondade da família, de dar a carona,vai levar todos a morte. Só que além dessa prevenção inevitável alguns trechos nos mostra conselhos para valorizarmos os momentos bons da vida, que deixamos passar. Por mais que isso parece profundo demais quero te lembrar que estamos ouvindo The Doors. (não é para qualquer cabeça). Porém som do teclado volta a se misturar ao efeito da chuva e os trovões, te levando a uma estrada além do horizonte. Criando todo clima, para letra e melodia terem na voz de Jim Morrison o principal transporte para essa estrada.

A mesma sensação pode ser sentida na regravação de Snoop Dogg como trilha sonora do jogo “NEED FOR SPEED: UNDERGROUND 2” foi a deixa para música voltar a ser um “hit,” que tocou até em algumas boates. A lista de musicas marcantes da banda The Doors é grande, porém “Riders on the Storm” é especial.
Acredito que se você é fã do “Doors” e conhece muito bem a música e toda essa temática. Antes mesmo de terminar a leitura você colocara para acompanhar esse texto, ao se não já parou de ler para colocar “Rider on the Strom”.

Caso você não conheça, não precisa se sentir tímido. Ela se torna intima nos primeiro minutos da audição. Hoje o “Entre Acordes” te convida para ouvir e ser marcado por essa experiência e favor que “Riders on the Storm” fez a música mundial.

13/100

Anúncios

Autor: Felipe Silva

28 anos, paulista, corinthiano, e o mais importante, consumidor compulsivo de música! Rock, Soul, Funk, Blues, Jazz, MPB, que a música boa seja exaltada independente de gênero. God bless you all.

Deixe um comentário