50 anos da foto mais famosa do Rock: Top 10 melhores capas dos anos 60.

Há exatos 50 anos, Ian Macmillian tirava a foto que se tornaria uma das capas mais icônicas de todos os tempos.

abbey road cover.jpg

Na manhã do dia 8 de Agosto de 1969, os Beatles se reuniram em Abbey Road para o registro da foto que viria estampar a capa do disco ”Abbey Road” lançado pouco mais de 1 mês depois. Detalhe interessante na foto é o fato de Paul Mccartney ser o único descalço, levatando ainda mais os rumores para a teoria de que ele estaria morto. Oque é uma tremenda besteira.

Depois disso Abbey Road nunca mais foi a mesma, diariamente pessoas de todo o mundo passam pela travessia para emular a capa, causando problemas para o tráfego dos automóveis.

Em comemoração, vamos fazer um Top 10 com grandes capas dos anos 60, mas sem contar a capa homeageada de hoje, já que ela transcendeu tudo. Como o tema é praticamente infinito, vamos estabelecer esse post como um Vol. 1 e no futuro faremos novos volumes.

1- The Beatles – Sgt. Pepper’s Lonelys Hearts Club Band (1967).

Sgt peppers

Difícil falar sobre a capa do Sgt. Peppers. Tranquilamente poderia ser citada como a maior capa de todos os tempos, extremamente emblemática, símbolo da mudança dos Beatles como banda e símbolo de uma década.

A concepção da capa, foi de autoria dos artistas Peter Blake e Jann Haworth, a partir de um desenho de Paul Mccartney. Cada Beatle colocou um objeto pessoal para compor o cenário, também temos os Beatles na versão ”Sgt. Peppers” ao lado os Beatles numa versão anterior, e muitas outras personalidades do mundo á volta deles.


2- King Crimson – In The Court Of The Crimson King (1969).

King Crimson.jpg

Essa emblemática arte foi ferta por Barry Godber que acabou falecendo em decorrência de um ataque cardíaco em 1970, logo após o lançamento do disco, infelizmente ele não pode ver o sucesso e relevâncai que o disco viria a ter.


3-  The Jimi Hendrix Experience – Axis: Bold As Love (1967).

Axis bold as love cover

Uma pintura de Roger Law, traduz exatamente a onda da psicodelia tanto no disco quanto em todo cenário inglês na segunda metade da década de 60. A capa veio a trazer problemas com a religião do Hinduismo.


4- The Who – The Who Sell Out (1967).

The Who Sell Out

A capa mais bacana do The Who. Temos dois panfletos ou algo do tipo, com Pete Towshend vendendo o desodorante ”Odorono” e Roger Daltrey vendendo feijão dentro de uma banheira. Roger Daltrey pegou pneuonia na sessão de fotos, pois ficou muito tempo com o corpo nos feijões congelados. Na parte de trás da capa, temos Keith Moon com uma pomada e John Entwistle com um terno de leopardo.


5- Velvet Underground & Nico – Velvet Underground & Nico (1967).

Velvet 1967

”O disco da banana”, além de ser um dos discos mais influentes da história, possui uma das capas mais famosas de todos os tempos. Uma arte feita por Andy Warhol. Em suas edições originais, era possível descascar a banana da capa.


6- Cream – Disraeli Gears (1967).

Disraeli Gears.jpg

Fantástica arte psicodélica feita por Martin Sharp. Apesar do tumulto de cores e coisas a capa não reflete num som experimental ou num som ”viajem”. Mas ainda assim ”Disraeli Gears” é um excelente de Blues Rock psicodélico e possui uma das melhores capas da história.


7- Led Zeppelin – Led Zeppelin (1969).

Led 1969

Escolhida por Jimmy Page, a icônica capa do disco de estréia do Led Zeppelin é uma foto do dirigível de Hindenburg em chamas, de autoria de Sam Shere. O bacana é que a foto tem relação á origem do nome da banda. Numa reunião entre Page, Keith Moon, John Entwistle e Beck, fizeram umas brincadeiras sobre o nome que a banda poderia levar, citaram ”balão de chumbo”e ”zepelim de chumbo”. A partir daí, o nome foi criado


8- Big Brother & The Holding Company – Cheap Thrills (1967).

Cheap Thrills

Arte de autoria do grande cartunista Robert Crumb. Originalmente, essa arte deveria ficar apenas na parte de trás do disco e na frente uma foto de Janin Joplin. De fato a disposição dos quadrinhos e os desenhos são de um bom gosto incrível. Tranquilamente é uma das melhores capas de todos os tempos.


9-  The Rolling Stones – Beggars Banquet (1968).

Beggars Banquet

Essa belíssima capa foi rejeitada pela gravadora, que acabou atrasando o lançamento por meses. Uma outra capa com uma cor neutra e o título do disco foi colocada no lugar. Essa capa representa bem a ”sujeira” da sonoridade dos Rolling Stones.


 

10- The Band – Music From The Big Pink (1968).

The Bnad 1968

O disco de estréia da The Band. A arte da capa, foi feita por Bob Dylan, a idéia era transmitir uma imagem diferente do psicodelismo da época. Essa é daquelas capas que traduzem exatamente á sonoridade do disco. Acho que fecha bem o Vol. 1 do nosso rank.


Este foi o primeiro Vol. de 10 capas sensacionais dos anos 60. E para voce? Qual a sua capa favorita da década de 60? Escreva nos comentários!

Autor: Neto Rocha

22 anos, atleta de futebol e grande entusiasta de uma das coisas mais poderosas inventadas pelo homem, a música.

Deixe um comentário