MAX UP! 50 anos de uma das maiores lendas do Metal Nacional

“Enquanto tiver alguém com raiva, numa garagem e com uma guitarra, o metal vai estar vivo”

MC1

Nenhuma frase define melhor Max Cavalera do que essa, um dos maiores responsáveis por elevar o nível, carregar a bandeira e mostrar ao mundo que o metal brasileiro pode sim ser de qualidade e chegar em pé de igualdade com o gringo. Essa foi sua missão de vida.

Mesmo no auge da banda, Max deixa o Sepultura por diversos problemas internos e embarca em novas jornadas que apenas demonstram o quanto ele estava determinado a não se acomodar e ir além. E assim surge o Soulfly, que, apesar de não ter o mesmo tamanho de sua banda anterior, tem trabalhos tão bons quanto.

MC4

Nailbomb, Cavalera Conspiracy etc, ao longo dos seus 35 anos de carreira, Max tem histórias capazes de encher livros (recomendo fortemente um deles: My Bloody Roots – uma grande autobiografia). Polêmicas, envolvimentos com drogas, início do Sepultura, saída conturbada da banda, seu casamento com a empresária Glória… assuntos não faltam!

MC3

Ele próprio diz que ainda busca um disco perfeito, dizendo que não pode parar enquanto não compor um, mas, isso vindo de um cara que idealizou e compôs discos como Beneath The Remains, Arise, Chaos A.D, Roots… poderia soar auto-indulgente se não soubéssemos exatamente de quem estamos falando, de um cara que já disse ter mais medo da polícia do que do demônio.

MC2

Tendo Lemmy como seu grande ”padrinho musical”, chegando a afirmar que não existiria Sepultura sem Motörhead, é inegável que Killmister está olhando lá de cima e orgulhoso de seu pupilo e sabendo que seu legado foi bem sugado.

Em busca da perfeição ou não, os 50 anos dessa lenda brasileira não poderiam passar batidos, e não dá pra duvidar que ele ainda será capaz de nos brindar com mais discos e trabalhos de qualidade, afinal de contas, Max sempre foi um perfeccionista, não faz nada ”por fazer”, quer sempre entregar o melhor para quem o acompanha. Então, eu não duvido que ele será capaz de aumentar seu nível, suas raízes sangrentas estão aí para provar isso.

textby @lukaspiloto7twister

 

 

 

Anúncios

Autor: Luc Rhoads

Um grande apaixonado por música e aventuras. Carioca, estudante de Educação Física, professor de inglês e vascaíno doente.

Deixe um comentário