Os 60 anos de um dos mais criativos guitarristas da história do Jazz!

Hoje é aniversário de 60 anos de um dos mais significativos guitarristas do século XX. Eis que me refiro ao espetacular Stanley Jordan, músico incrível de Jazz e Fusion.

Ex-músico de rua, o guitarrista americano foi descoberto no início dos anos 80, quando dedilhava sua guitarra nas esquinas de Nova York. Sua inovação na guitarra consiste num domínio absurdo de seu instrumento com o uso da técnica de tapping, na qual percute as cordas para gerar harmonias e melodias surpreendentes. Esse estilo único baseia-se numa técnica especial: Em vez de dedilhar e tocar convencionalmente, a inovadora técnica de Jordan é uma forma avançada de tocar com duas mãos no braço da guitarra todo o tempo. Por isso e muito mais, Stanley Jordan é reconhecido como um dos maiores e mais distintos guitarristas de Jazz do mundo.

Sua técnica, embora impressionante, é sempre um meio para um fim musical. Sua música é possuída de um calor e de uma sensibilidade que captura a imaginação dos ouvintes para uma magia incrível proporcionada por sua guitarra em um Jazz extremamente único e inovador, fazendo de Jordan um músico de identidade e personalidade muito própria.

Deixo de recomendação o maravilhoso disco “Magic Touch” de 1985, lançado pelo lendário selo “Blue Note”, que conta com espetaculares temas autorais e covers fantásticos como “Eleanor Rigby” (The Beatles) “The Lady In My Life” (Michael Jackson) e “Angel” (Jimi Hendrix).

Feliz aniversário para esse grande mestre das seis cordas do Jazz!

Anúncios

Autor: Felipe Silva

28 anos, paulista, corinthiano, e o mais importante, consumidor compulsivo de música! Rock, Soul, Funk, Blues, Jazz, MPB, que a música boa seja exaltada independente de gênero. God bless you all.

Deixe um comentário