Os 50 anos da linda estréia melancólica de Nick Drake

Há exatamente meio século atrás, um incrível artista Folk britânico lançava sua primeira obra, e que até hoje é admirada e reverenciada no mundo!

Exímio violonista, compositor de muita inspiração, e cantor com uma voz suave e ao mesmo tempo de dor, Nick Drake até hoje possui uma obra lindíssima, que embora muitas vezes subestimada, permanece essencial para quem estiver interessado em descobrir o significado dos anos 60.

Seu disco de estréia, “Five Leaves Left”, é um trabalho altamente admirável: Repleto de músicas complexas e introspectivas, mas impregnadas de arranjos e produção tirados diretamente da prateleira do Pop. Graças ao auxílio da grande banda de Folk “Fairport Convention”, aos arranjos lindíssimos do mestre das cordas Robert Kirby, e claro, também a incrível força do violão de Drake, que tocava baseando-se numa mistura de Folk, Blues e música clássica, o álbum contém músicas brilhantes e cheias de vida que não envelheceram nada nesses anos todos.

A fenomenal “River Man”, com sua letra questionadora, combina muito bem com a suave voz de tenor de Nick, e a força de seu violão o coloca entre o Folk e o Psicodélico. As cordas sinuosas de “Way To Blue” são também muito inspiradoras, assim como o violoncelo com toques orientais, emocionante e inesquecível de “Cello Song”. Os dedilhados de violão arrepiantes, mais uma melodia meio sombria e com cordas com um tom meio fantasmagórico, fazem de “Day Is Done” um dos momentos mais brilhantes do disco, e a letra altamente introspectiva e reflexiva atenuam ainda mais o clima melancólico da canção. No fim das contas, “Five Leaves Left” é uma viagem criativa da qual não dá para dispensar nenhuma faixa.

Infelizmente com sua triste e prematura morte, Drake não pôde desfrutar de um reconhecimento merecido, mas veio embora de modo tardio. Ao longo dos anos, muitos artistas como o líder do The Cure, Robert Smith, e a lenda, Elton John, frequentemente citaram Nick como uma forte influência.

O veredito final de “Five Leaves Left” é de um disco espetacular, que traz consigo a verdadeira união de beleza e melancolia. Se você curte a emoção da Folk Music, com arranjos de cordas divinos, um violão extremamente bem tocado, com virtuosismo, mas também com muito sentimento e bom gosto, este lindo álbum é feito para você.

  1. Time Has Told Me
  2. River Man
  3. Three Hours
  4. Way to Blue
  5. Day Is Done
  6. ‘Cello Song
  7. The Thoughts of Mary Jane
  8. Man in a Shed
  9. Fruit Tree
  10. Saturday Sun

Autor: Felipe Silva

28 anos, paulista, corinthiano, e o mais importante, consumidor compulsivo de música! Rock, Soul, Funk, Blues, Jazz, MPB, que a música boa seja exaltada independente de gênero. God bless you all.

Deixe um comentário